03:21 22 Julho 2019
Ouvir Rádio
    O presidente da Rússia Vladimir Putin (à esquerda) com o presidente do Cazaquistão Nursultan Nazarbayev na cerimônia solene de abertura da mostra internacional Expo 2017

    Rússia apresenta seus avanços tecnológicos na feira internacional Expo 2017

    © Foto : Serviço de imprensa do presidente da Rússia
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 70

    No sábado (10), foi realizada a cerimônia solene de abertura do pavilhão russo no âmbito da feira internacional Expo 2017 que teve início na capital do Cazaquistão, Astana.

    Neste ano, o tema principal da exibição russa é dedicado ao Ártico. Por essa razão, na cerimônia de abertura a fita não foi cortada, mas quebrada — pois foi congelada com azoto liquido.

    Nota-se que os visitantes da feira podem ver um iceberg verdadeiro que é exibido no pavilhão russo.

    "Estou seguro que o nosso pavilhão russo ganhará o primeiro lugar, considerando sua contribuição para apresentação do futuro", declarou o embaixador da Rússia no Cazaquistão Mikhail Bocharnikov que participou da cerimônia de abertura.

    Além dele, o evento foi assistido pelo presidente da empresa russa Rosatom, Aleksei Likhachev, e pelo vice-ministro da Indústria e Comércio da Rússia, Georgy Kalamanov, que também desempenha as funções de comissário do pavilhão russo nessa exposição.

    A Expo 2017 é a maior exposição internacional dedicada aos avanços da ciência e tecnologia mais recentes, que se realiza desde 1851, e de cada vez é dedicada a um tema fundamentalmente diferente. Neste ano, a feira decorre em Astana, Cazaquistão, de 10 de junho até 10 de setembro. Essa exibição promete demonstrar os melhores projetos em energia renovável. Entre os maiores avanços apresentados na feira podemos nomear: um carro de corrida elétrico, um avião em cuja construção foram usadas baterias solares e uma "fonte exclusiva de energia" — o vinho.

    Mais:

    Rússia volta a lançar foguetes Proton (VÍDEO)
    Rússia e Venezuela: novos projetos no setor de energia à vista
    Rússia e Filipinas começam negociações para fornecimento de armas
    Rússia detectou o lançamento de 40 mísseis em todo o mundo durante 2016
    Tags:
    iceberg, vinho, painéis solares, energia renovável, Ciência e Tecnologia, avanço, exibição, feira, Expo 2017, Rosatom, Alexei Likhachev, Ártico, Rússia, Astana, Cazaquistão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar