14:14 18 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Mapa da NASA demonstra a localização da estrela TW Hydrae e do grupo de estrelas vizinhas

    Astrofísicos descobriram anel de álcool tóxico no espaço

    © NASA . JPL-Caltech
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    122

    Astrofísicos descobriram um anel de álcool metílico gasoso - conhecido por suas propriedades tóxicas - no disco protoplanetário da estrela anã laranja TW Hydrae.

    A informação foi divulgada em um press-release, publicado no site Phys.org.

    Em sua pesquisa, os cientistas recorreram ao complexo de radiotelescópios no Chile — Atacama Large Millimeter Array (ALMA) — com ajuda dos quais os astrofísicos analisaram a composição química do disco protoplanetário. 

    O metano gasoso, segundo imaginam os pesquisadores, foi liberado durante o derretimento de corpos celestes, que se aproximam da estrela. 

    O metanol pode servir de "material de construção" para a síntese de moléculas orgânicas. Os astrofísicos não excluem a possibilidade dos processos semelhantes terem sido um dos motivos do nascimento da vida na Terra.

    Mais:

    Beleza do espaço: NASA mostra nebulosa misteriosa com pulsar superbrilhante (VÍDEO)
    Descoberta científica: É mesmo possível viajar no tempo e no espaço!
    Invasão extraterrestre: ex-diretor da NASA prevê ataque do espaço
    Conheça os projetos mais loucos de colonização do espaço aprovados pela NASA
    Cientistas captam sinais de rádio inéditos provenientes do espaço
    Tags:
    TW Hydrae, radiotelescópio, espaço, astrofísica, Atacama Large Millimeter Array (ALMA), Atacama, Chile
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar