10:48 17 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Planeta Júpiter

    NASA captura Júpiter em alta precisão quando ele se aproximou da Terra (VÍDEO)

    © NASA. X-ray: NASA/CXC/UCL/W
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 458682

    O telescópio espacial Hubble capturou fotos muito precisas de Júpiter no momento em que o planeta gigante chegou o mais próximo da Terra nos últimos dois anos, publicou o site do observatório espacial.

    As fotografias foram tiradas a 667 milhões de quilômetros de distância, por isso o Hubble conseguiu "ver" pequenos detalhes da superfície de Júpiter, que possuem 130 quilômetros de tamanho. Nestas imagens, segundo explicam os planetólogos, além da Grande Mancha Vermelha, Pequena Mancha Vermelha e outros furacões gigantes de Júpiter, é possível observar estruturas menores.

    A Grande Mancha Vermelha — anticiclone gigante do tamanho da Terra — está diminuindo. No entanto, os cientistas não sabem como explicar esse fenômeno que atinge a atmosfera de Júpiter há 150 anos. A maioria dos cientistas opina que essa mancha serve como "esquentador" que transporta calor de núcleo do planeta para a superfície, impossibilitando seu resfriamento.

    ​Vale ressaltar que a próxima aproximação de Júpiter à Terra acontecerá em maio de 2018. Por enquanto, os cientistas planejam continuar observando as alterações na Grande Mancha Vermelha e outros furacões do maior planeta do Sistema Solar.

    Mais:

    Todos os olhos em Júpiter: NASA publica imagens deslumbrantes do planeta gigante (FOTOS)
    Gravidade de Júpiter e Saturno origina manchas misteriosas em Ceres
    Agentes secretos em Júpiter: por que CIA contratou parapsicólogo lendário?
    NASA planeja procurar vida no satélite de Júpiter
    Tags:
    missão espacial, telescópio, cientistas, aproximação, mancha, furacão, Hubble, NASA, Sistema Solar, Júpiter, Terra
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik