04:30 16 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Escritório da Administração Nacional da Aeronáutica e Espaço dos EUA no estado norte-americano de Flórida

    Estudante de 17 anos encontra e corrige erro crasso em dados da NASA

    © Sputnik / Sergei Mamontov
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    572

    Miles Soloman, um estudante britânico de 17 anos de idade, descobriu que os sensores de radiação da Estação Espacial Internacional (EEI) estavam registrando dados errados.

    O jovem participa de um projeto do Instituto de Investigação em Escolas (IRIS, na sigla em inglês). Os estudantes de todo o Reino Unido têm uma oportunidade de trabalhar com os dados da EEI em busca de anomalias e padrões que poderiam levar a novos descobrimentos.

    Durante uma análise dos dados registrados durante a missão de Tim Peake, astronauta britânico, na estação espacial, Soloman detectou que os níveis de radiação registrados estavam errados, informou a emissora BBC.

    O aluno da escola secundária descobriu que nos casos de ausência de qualquer tipo de radiação os detectores registravam valores negativos. Dado que não é possível haver energia negativa, Soloman contatou os membros da NASA para lhes comunicar esta falha.

    A NASA afirmou estar consciente do erro, mas que acreditava que tal problema sucedia somente uma ou duas vezes por ano. Soloman, porém, informou que na realidade tal erro ocorria várias vezes por dia.

    O moço britânico afirmou que sua intenção não era "provar que a NASA tinha cometido um erro", mas que, com efeito, gostaria de "trabalhar para eles e aprender com eles", revelou.

    Mais:

    Mistério do TRAPPIST-1: NASA confirma possibilidade de vida em 3 planetas (FOTO, VÍDEO)
    Sonda da NASA encontra 'fontes' de bolhas nos mares de Titã (VÍDEO)
    Em busca de vida alienígena: NASA apresenta robô único para explorar Marte (VÍDEO)
    Tags:
    estatística, radiação, EEI, BBC, NASA, Reino Unido
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik