15:43 12 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Satélite dos EUA

    Opinião: EUA poderão instalar armas nucleares em órbita

    © flickr.com/ US Air Force
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    17611

    Os EUA poderão instalar munições nucleares em órbita, mas tais ações são uma violação grave do direito internacional, afirmou na quinta-feira (12) à RIA Novosti o presidente da Academia de Problemas Geopolíticos, Konstantin Sivkov.

    O cientista político comentou à RIA Novosti deste modo a recente declaração do candidato ao cargo de chefe do Pentágono, James Mattis, que afirmou que os EUA devem investir nas oportunidades ofensivas do espaço.

    "Existe um tratado que proíbe a militarização do espaço e tem importância mundial, por isso o deslocamento de armamento ofensivo para o espaço é uma violação do direito internacional. Neste caso, Washington, que nos anos 90 tanto falava sobre o espírito pacífico e nos chamava de militaristas, se tornou ele próprio o militarista principal" destacou Sivkov.

    O analista político diz que é possível que os EUA possam instalar em órbita "aparelhos espaciais de combate equipados com armas de laser e armas de feixe de partículas" destinados a levar a cabo ataques espaciais contra territórios de adversário a velocidades hipersónicas.

    "Essas armas são muito sérias, a União Soviética elaborou tais sistemas ainda em 1972, e os EUA, com receio delas, alcançaram o Tratado de Limitação de Armas Estratégicas (SALT, Strategic Arms Limitation Talks, em inglês) com a União Soviética. Hoje os EUA construíram o que nós fizemos há 40 anos e, aparentemente, querem instalar essas tecnologias no espaço", sublinhou o presidente da Academia de Problemas Geopolíticos.

    Segundo disse ele, pode tratar-se de criação de aviões americanos ar-espaço, capazes de atacar com velocidade hipersónica.

    Mais:

    Forças dos EUA eliminam três membros da Al-Qaeda no Iêmen
    Oficial alemão sobre militares americanos na Europa: EUA inventam ameaças que não existem
    'Invencibilidade das Forças Armadas dos EUA é um mito'
    Brigada de tanques dos EUA está quase na Polônia
    Tags:
    direito internacional, violação, ameaça nuclear, lançamento espacial, aviões, arma nuclear, órbita, espaço, Pentágono, James Mattis, Konstantin Sivkov, União Soviética, Rússia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik