22:39 22 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    8101
    Nos siga no

    A fonte de sinais de rádio rápidos que muitos cientistas estão considerando como mensagens de uma civilização extraterrestre não é a Via Láctea, informa revista científica.

    De acordo com o artigo da Nature, a fonte desses sinais é uma galáxia afastada da Terra por bilhões de anos-luz.

    Para localizar a fonte de um dos sinais de rádio rápidos FRB (a sigla em inglês para Explosão Rápida de Rádio) 121102, a equipe de pesquisadores usou uma vasta série de radiotelescópios, incluindo Arecibo em Puerto Rico, Very Large Array no estado norte-americano de Novo México e a rede europeia EVN.

    Os pesquisadores descobriram que a fonte dos sinais é uma galáxia anã localizada na constelação de Auriga a três bilhões de anos-luz da Terra.

    Segundo os dados obtidos durante a observação no Observatório Gemini em Hawaii (EUA), a galáxia é dez vezes menor que a Via Láctea e só tem 1% da massa desta.

    A galáxia emite todo o tempo sinais de rádio, às vezes criando erupções análogas à FRB 121102.

    Mas a natureza da própria radiação continua pouco clara, seu caráter pontual pode significar que a fonte podem ser buracos negros. Mas há dados contra esta hipótese: cientistas apontam a ausência de raios X.

    Sinal de rádio FRB é um impulso breve durante o qual é emitida uma quantidade gigante de energia, equivalente à que o Sol emite durante dezenas de milhares de anos. Até o momento os cientistas registraram menos de 20 sinais deste tipo.

    Mais:

    NASA enviará 2 robôs ao espaço para estudar asteroides
    NASA alerta: 2 cometas estão se aproximando da Terra
    Tags:
    pesquisa, mistério, Espaço
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar