23:11 24 Junho 2018
Ouvir Rádio
    Quebra-gelo Yamal durante exploração ártica no mar de Kara

    Quebra-gelo russo é lançado à água em São Petersburgo

    © Sputnik / Valeriy Melnikov
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 101

    O quebra-gelo diesel-elétrico do projeto 22600 Viktor Chernomyrdin foi lançado à água na sexta-feira (30), diz o comunicado do estaleiro Baltiysky Zavod, que faz parte da Corporação Unida de Construção Naval da Rússia.

    Está previsto que, após o término das obras de construção, o quebra-gelo Viktor Chernomyrdin com 25 MW de potência se tornará o maior e mais potente quebra-gelo não nuclear do mundo.

    Segundo Aleksei Kadilov, diretor-geral do construtor Baltiisky Zavod–Sudostroenie, já se trata do segundo lançamento de um quebra-gelo à água em um ano.

    Kadilov destacou que o quebra-gelo Viktor Chernomyrdin é "um toque final no ano de 2016":

    "Este é um quebra-gelos bastante difícil, mas vamos vencer, e em 2018 ele será entregue ao cliente", frisou o diretor-geral.

    Os representantes do estaleiro em que o quebra-gelo está sendo construído, informam que o lançamento à água do navio aconteceu em conformidade com o cronograma previsto. A cerimônia de hasteamento da bandeira no Viktor Chernomyrdin será realizada no terceiro trimestre de 2018.

    O quebra-gelo Viktor Chernomyrdin se destina tanto a condução autônoma de navios, como a desempenhar o papel de navio auxiliar fazendo parte de caravanas compostas na Rota Marítima do Norte. Além disso, o quebra-gelo também pode ser usado para reboque, prestação de assistência, resgate, trabalhos de reparação e apoio a atividades submarinas nos locais de colocação de plataformas petrolíferas.

    O comprimento do quebra-gelo será de 147 metros, boca – 29 metros, deslocamento – mais de 19 mil toneladas. O navio terá velocidade entre 15,8 e 18,8 nós, autonomia de 60 dias, poderá quebrar gelos com 2 metros de espessura e terá 38 tripulantes.

    Mais:

    Almirante compara infraestrutura russa no Ártico com tecnologia lunar
    Rússia colocará radar militar gigante no Ártico
    Tags:
    deslocamento, rota marítima, cronograma, construção, quebra-gelo, Corporação Unida de Construção Naval, Rússia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik