15:00 26 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Planeta Marte

    NASA: gelo descoberto em Marte será base para primeiras colônias humanas

    © Foto: Pixabay
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    9472193

    Os cientistas da NASA concluíram que o reservatório maciço de gelo encontrado em Marte poderia ser usado como base para a “Casa de Gelo Marciana”, cuja elaboração está em andamento.

    O cientista do Centro de Pesquisa de Langley, Kevin Kempton, que encabeça o grupo de estudos no âmbito do projeto Casa de Gelo, disse ao portal Space.com que a residência inflável é "mais do que um simples habitat, pois do que precisamos é de uma nova casa em Marte", adiantando que "nossa equipe tem certeza que Casa de Gelo é a melhor solução para o primeiro posto avançado no território marciano".

    Kempton explicou que a Casa de Gelo será um espaço de trabalho multifuncional onde será possível conduzir as atividades indispensáveis para a estadia prolongada no planeta.

    Ele acrescentou que a estrutura é eficiente, já que ela usará recursos locais e não enviados da Terra. Mais uma vantagem do gelo é que ele representa uma barreira natural contra a radiação cósmica que pode ser nociva às pessoas que passarem longos períodos de tempo no planeta uma com atmosfera protetora mínima.

    Em novembro, um grupo de pesquisadores da NASA na Universidade do Texas, em Austin, descobriu um depósito de gelo na região marciana de Utopia Planitia, com um território igual ao do estado norte-americano do Novo México e cuja reserva de água pode ser comparada com a do Lago Superior.

    Em fevereiro de 2015, ao ser entrevistado, Kempron afirmou:

    "Quando formos para Marte, vamos ficar lá por muito tempo… Precisaremos de um lugar para manutenção dos equipamentos robotizados que estarão fora [de casa] para nos ajudarem em ambiente muito complicado."

    Ele sublinhou que o conserto de um traje pressurizado na superfície marciana é uma tarefa problemática, mas o ambiente pressurizado da Casa de Gelo pode resolver isso.

    "Trabalhar com luvas pressurizadas é como usar luvas de palhaço, pois é difícil fazer coisas simples e as mãos se cansam bem depressa", partilhou.

    "Muitas das estruturas imprimidas de regolito em impressora 3D parecem espetaculares, mas elas não suportariam muita pressão", disse Kempton.

    "[O ambiente de] Marte é parecido ao vácuo, e a pressão interna poderia literalmente fazer explodir estas instalações sem uma camada restritiva forte. Não se pode deixar de parte o fato de você viver em um vaso de pressão em Marte e as formas disso são bem limitadoras para os arquitetos [do projeto]", explicou.

    A concepção atual da Casa de Gelo prevê alojamento para 4 membros da equipe e inclui áreas de trabalho, de logística, para dormir e uma cozinha.

    Mais:

    NASA descobre fenda de cem quilômetros na Antártida
    Astrônomos revelam estrela 'gêmea' do Sol que devorou metade de seus planetas
    NASA revela o mais compacto e luminoso asteroide já conhecido
    Tags:
    astronautas, expedição, gelo, extraterrestre, planeta, tripulação, espaço, NASA, Marte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik