14:02 12 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Baleia-anã minke

    Revelado mistério do som sobrenatural no Pacífico

    © flickr.com/ Laura Farris
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    4101

    Cientistas acreditam ter conseguido identificar a fonte de um ruído sobrenatural proveniente do oceano Pacífico que vinha surpreendendo os oceanógrafos desde 2014, quando se ouviu pela primeira vez.

    Uma equipa de cientistas norte-americanos de vários centros e instituições da ciência marinha afirma ter identificado a fonte de um dos sons mais estranhos que até hoje foram detetados nas profundidades de nossos oceanos, parecido com "gemidos metalizados de um extraterrestre" e alcunhado de Western Pacific Biotwang.

    O fragmento de ruído com duração de 3,5 segundos foi gravado pela primeira vez no período entre o outono de 2014 e a primavera de 2015 por um veículo autônomo que recolheu dados acústicos na fossa das Marianas, o lugar mais profundo até hoje descoberto no Oceano Pacífico.

    O som único e estranho consiste de duas partes: uma prolongada e baixa e uma série de sons agudos, parecidos com um alarme. Ambas as partes têm um inconfundível caráter "metalizado" que as faz soar como se fosse uma máquina.

    Passados muitos meses de especulação, uma equipe de cientistas concluiu que o som é de origem biológica.

    "Os sons com os quais estamos lidando aqui não são parecidos com as fontes humanas até hoje conhecidas, tais como os produzidos por navios ou pistolas de ar comprimido", diz-se no comunicado publicado pelo grupo de pesquisadores.

    "Os ruídos também não se parecem com fontes geofísicas, ou seja, nem com os sons de baixa frequência produzidos por terremotos, gelo, nem com os sons do vento ou chuva… Temos uma teoria de que estes sons sofisticados são produzidos por alguma espécie biológica."

    "A estrutura complexa do som Western Pacific Biotwang, seu registro de frequência, caráter metalizado na parte final são muito parecidos com as características do som emitido pela baleia-anã minke, mostrada no filme Star Wars", afirmam os cientistas.

    A anã minke é uma subespécie da baleia minke comum, que integra a família das baleias de barbas. As baleias de barbas, que receberam seu nome por possuírem longos e espessos filamentos flexíveis de queratina, usados para filtrar o zooplâncton e pequenos peixinhos da água do mar, são conhecidas por suas vocalizações sofisticadas, audíveis em primeiro lugar na altura do acasalamento.

    Há quem diga que tal tipo de vocalizações lembra o som das armas de pequeno calibre fictícias, denominadas de detonadores, mostradas nos filmes Star Wars.

    Mas o que destaca o som Western Pacific Biotwang dos outros é que ele foi registrado várias vezes ao longo do ano, sendo que os sons de convites ao acasalamento das baleias normalmente se ouvem apenas durante o Inverno, destacou Sharon Nieukirk, um dos especialistas da Universidade Estatal do Oregon.

    Se se verificar que o som é na verdade emitido por baleias, será necessário entender seu propósito, dizem os pesquisadores.

    Mais:

    Dinossauros em Marte? 'Crânio' misterioso aparece em imagem da NASA
    Descoberto 'monstro' marinho único na costa da Califórnia
    Cientistas descobrem animal 'bola' nas profundezas do Oceano Pacífico
    Tags:
    pesquisa científica, oceano, baleias, mistério, Star Wars, Fossa das Marianas, Pacífico
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik