18:05 22 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    191
    Nos siga no

    Na quinta-feira (17) a nave espacial pilotada chinesa Shenzhou-11, com dois astronautas a bordo, se desacoplou com sucesso do módulo orbital Tiangong-2 para iniciar uma viagem de retorno à Terra, completando a sua missão em órbita, informou o Ministério da Defesa chinês.

    O processo de desacoplamento foi finalizado às 04h41, GMT (02h41, hora de Brasília).

    A Shenzhou-11 traz a bordo o comandante da tripulação Jing Haipeng e o copiloto Chen Dong que participa de uma missão espacial pela primeira vez.

    Os dois taikonautas (astronautas, em chinês) partiram da base espacial de Jiuquan, no deserto de Gobi, em 17 de outubro e trabalharam em um laboratório orbital durante um mês, estabelecendo assim um recorde na astronáutica chinesa pelo prazo de permanência no espaço.

    Mais:

    China manifesta interesse na compra de motores de foguetes russos
    China lança satélite meteorológico para prevenir desastres naturais
    Tags:
    espaço, astronáutica, tripulação, desacoplar, Shenzhou-11, Gobi, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar