19:46 07 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    14133
    Nos siga no

    O reator de nêutrons rápidos BN-800 russo, da usina de Beloyarsk, foi premiado no Power Awards pelo jornal POWER, uma das edições mais respeitáveis do setor energético.

    O bloco energético do reator BN-800 venceu na nomeação de Melhores Usinas (Top Plants), atribuída aos projetos mais inovadores e de ponta. Também foram tomadas em conta as possibilidades do bloco de utilizar os detritos radioativos.

    Os reatores de nêutrons rápidos são cruciais para os planos ambiciosos para a energia nuclear da Rússia. A construção bem-sucedida, a conexão à rede e o teste do primeiro reator BN-800 do país em sua usina nuclear de Beloyarsk é uma conquista importante na direção certa.

    Iniciado o carregamento do combustível nuclear em fevereiro de 2015, o bloco № 4 da usina de Beloyarsk, com a potência de 880 megawatts, produziu eletricidade pela primeira vez em 10 de dezembro de 2015. É o reator de nêutrons rápidos mais potente do mundo.

    Os especialistas chamaram este evento de histórico para a energia atômica, não só russa, mas também mundial. 

    O BN-800 será o protótipo dos blocos BN-1200. Na base da experiência atual será tomada a decisão se BN-1200 serão construídos ou não.

    Mais:

    Times denuncia presença de 3 submarinos russos no Mediterrâneo
    China abre as portas de bunker nuclear secreto (VÍDEO)
    Rosatom não tenciona limitar fornecimento de urânio aos EUA
    Tags:
    reator nuclear, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar