18:54 22 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    14269
    Nos siga no

    Imagens captadas pela estação espacial da NASA mostram uma mancha preta no local de queda da sonda Schiaparelli em Marte, relatou hoje (21) a Agência Espacial Europeia (ESA).

    De acordo com a nota da Agência, a sonda parou de transmitir sinais 50 segundos antes de chegar à superfície do planeta, deixando dúvidas sobre suas condições e integridade. Imagens de satélite, no entanto, puseram fim às especulações sobre o que teria acontecido com o robô.

    ​Acredita-se que, pelo mal funcionamento dos foguetes que deveriam desacelerar sua entrada na atmosfera, a sonda teria sido destruída após sofrer uma queda livre a partir de cerca de um ou dois quilômetros da superfície de Marte.

    A sonda do projeto ExoMars, lançada em parceria entre a ESA e a agência espacial russa Roscosmos em 14 de março, tinha como missão principal buscar sinais de vida de tipo bacteriano na superfície do Planeta Vermelho. A segunda fase do projeto será a aterrissagem de um rover em 2021.

    Cientistas do projeto revelaram que as informações enviadas pelo módulo antes do incidente terão uma grande utilidade para a missão. A ESA enfatizou ainda que a nave portadora de Schiaparelli foi colocada com sucesso em órbita do planeta e continuará operante.

    Tags:
    espaço, nave espacial, módulo, sonda, ExoMars, Schiaparelli, Agência Espacial Europeia (ESA), Roscosmos, Marte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar