17:01 13 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Exemplo de drone-libélula de pequeno tamanho

    Rússia pretende criar drone-libélula

    © flickr.com/ Lino Martins
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    10160

    A Corporação Unida de Construção de Equipamentos (OPK) vai criar uma versão em miniatura de drone de reconhecimento e outros modelos de drones equipados com sistemas avançados de vigilância.

    O anúncio foi feito na quinta-feira (29) pela assessoria de imprensa do consórcio.

    De acordo com a entidade, "no momento está sendo elaborada uma linha inteira de drones de vários tipos, cada modelo cumpre determinadas tarefas", conforme as condições meteorológicas e o relevo.

    Segundo a fonte, o tamanho do drone equivale ao de uma libélula e cabe na palma da mão, sendo, de fato, uma versão de bolso. O aparelho não produzirá qualquer ruído, terá controle de direção excelente e será capaz de manobrar. Embora seu raio de ação não seja grande, será suficiente para realizar missões de reconhecimento em combate de proximidade e operações antiterroristas.

    Outra vantagem do drone-libélula é o custo, que não será alto, sendo bastante fácil de substituí-lo no caso de perda.

    Os drones em miniatura vão transmitir vídeos e fotos no formato HD em tempo real.

    Um aspeto importante é que basta apenas um minuto para o aparelho poder estar pronto para operar, o que facilitaria seu uso por especialistas, ao invés dos drones usados para fins militares e civis, que requerem muito mais tempo de preparação.   

    O drone-libélula é um análogo do drone holandês Black Hornet que pesa 16 gramas e é usado pelo Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA.

    Mais:

    O impossível é possível: drone será movido por motor impresso em impressora 3D
    Tags:
    operações, reconhecimento, versão, drone, Corpo de Fuzileiros Navais, Holanda, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik