05:18 21 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    321
    Nos siga no

    Cientistas norte-americanos trataram com sucesso a coluna vertebral e o crânio de animais usando ossos sintéticos impressos em 3D, abrindo caminho para a possibilidade futura de implantes ósseos em seres humanos para reparar lesões dentárias ou espinhais, por exemplo.

    Ao contrário dos enxertos feitos com ossos verdadeiros, o material sintético, chamado osso hiperelástico, pode regenerar ossos sem a necessidade de fatores de crescimento agregados, é flexível e forte e pode ser utilizado de forma rápida e fácil na sala de operações.

    A pesquisa foi publicada nesta quarta-feira (28) na revista Science Translational Medicine. Segundo os autores do estudo, para quem os resultados dos testes em animais foram "assombrosos", os testes em humanos podem começar em cinco anos.

    Mais:

    Com a doença dos Ossos de Vidro, escritor lança livro para jovens sobre amizade e inclusão
    Conselho Federal de Medicina deve se manifestar sobre novo aplicativo de uso médico
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar