05:57 22 Julho 2018
Ouvir Rádio
    O logo da IASP em Moscou

    Talento global em grande parte é brasileiro

    © Foto : Assessoria de imprensa de Skolkovo
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    130

    Duas localizações em Moscou (Centro de Comércio Internacional e Universidade Estatal de Moscou, ou MGU) e uma nos arredores da cidade (Centro de Inovação Skolkovo) continuam hospedando a 33ª Conferência Mundial de Parques Tecnológicos IASP 2016.

    Durante a cerimônia de abertura que teve lugar na terça-feira (20), o presidente do Fundo Skolkovo Viktor Vekselberg destacou que "hoje como nunca é importante sentir que a Rússia faz parte da comunidade internacional de inovações e da economia global de inovações".

    Provavelmente tenha sido por isso que o governo de Moscou, o Fundo de Apoio às Inovações, o Skolkovo, o parque tecnológico Strogino e o parque de ciências da MGU decidiram organizar o evento pela primeira vez.

    O programa do evento não só prevê a exposição das inovações para os delegados e sessões de discussão, mas também um vasto programa de lazer e turismo — as delegações aproveitam de visitas a parques tecnológicos.

    O destaque do segundo dia do programa de negócios da conferência foi o painel intitulado "Talento global". O painel contou com a participação de Eduardo Giugliani, o professor apresentou a missão do Tecnopuc, parque tecnológico e instituto de pesquisa científica, que é atingir um impacto social.

    No mesmo painel, o presidente executivo do parque tecnológico universitário Tecnocinos, Luis Felipe Maldaner, explicou em mais detalhe que atualmente o ativo principal das empresas é o talento. O alto funcionário destacou a importância de estimular estudantes da universidade para se tornarem empresários e também sublinhou a importância de se tornarem mais "internacionais", quer dizer – pronto para colaborar com o mundo por via de estudar línguas.

    Dmitry Medvedev na cerimônia de abertura da 33a Conferência Global da Associação Internacional de Parques Tecnológicos e Áreas de Inovação IASP 2016
    © Sputnik / Ekaterina Shtukina
    O presidente executivo destacou que para eles é muito importante ter uma ligação e cooperação muito próxima entre o parque tecnológico e a universidade. Ele mostrou uma das salas de estudos da sua universidade que inspira a criação de planos para negócios mais inovadores e apoia a criatividade dos estudantes. E esta criatividade já deu frutos: Luis Felipe Maldaner contou que seus estudantes criaram várias inovações, inclusive uma divertida – o resfriador que torna cerveja fria apenas em dois minutos, e também outras mais sérias — nas áreas de agricultura, computadores e outras.

    Realizada pela primeira vez na Rússia, a IASP 2016 reúne delegações de 70 países, inclusive Brasil, China, Finlândia, EUA e muitos outros.

     

    Mais:

    Quais serão as inovações do Fórum técnico-militar EXÉRCITO 2016?
    Tags:
    conferência, negócios, universidades, pesquisas, ciências, inovação, IASP 2016, Universidade Estatal de Moscou, Skolkovo, Moscou, EUA, Finlândia, China, Brasil, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik