14:38 06 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    724
    Nos siga no

    Os militares israelenses questionam habilidade do seu satélite-espião lançado ao espaço há dois dias, escreve o jornal Gaarets.

    Caso as dúvidas se confirmem, o satélite Ofek-11, fabricado pelo consórcio Israel Aerospace Industries (IAI) será o terceiro fracasso do setor especial do país desde o final do ano passado.

    Segundo a edição, após seu lançamento na noite da terça-feira (13), apareceram sinais de que alguns dos seus sistemas não estavam funcionando.

    "Desde então engenheiros da IAI e especialistas do Ministério da Defesa tem tentado estabilizar o satélite e eliminar todas as falhas", mas até o momento não se sabe se suas tentativas foram bem-sucedidas, informa Gaarets.

    Provavelmente, segundo a fonte, são necessários alguns dias para verificar se o Ofek-11 será capaz de transmitir informações de reconhecimento para a Terra.

    O Ministério da Defesa israelense não revela a finalidade e a ficha técnica do satélite que foi lançado ao espaço pelo foguete-portador Shavit a partir do polígono em Israel. Mas a mídia local informa que a principal tarefa do aparelho é a filmagem da superfície da Terra para o ministério e serviços especiais.

    De acordo com o jornal Jerusalem Post, a órbita de Israel conta com mais cinco satélites militares em funcionamento.

    No dia 1° de setembro ocorreu a catástrofe com o satélite civil israelense Amos-6, que acabou por explodir junto com o foguete Falcon 9 da SpaceX no Centro Espacial americano de John F. Kennedy.

    Mais:

    NASA: Missão OSIRIS-REx ao asteroide Bennu não causará colisão com Terra
    NASA aprova para 2018 nova tentativa de lançamento do módulo InSight a Marte
    Tags:
    explosão, filmagem, satélite espião, foguete-portador, Falcon 9, SpaceX, Ministério da Defesa, Terra, Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar