05:05 18 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Mar de Kara, Ártico russo

    Cientistas russos instalarão uma base no Ártico

    © Sputnik/ Valery Melnikov
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 70

    Cientistas do Instituto de Geologia e Geofísica de Petróleo e Gás russo estão desenvolvendo um projeto para instalar uma base autônoma sobre gelo flutuante que seja capaz de realizar prospecção de petróleo no Ártico.

    Os cientistas também têm como objetivo esclarecer a questão da pertença da plataforma continental do Ártico ao território russo, informa na quarta-feira (7) a edição Ciência na Sibéria da Academia de Ciências russa.

    O artigo observa que as condições no Ártico, de quase total ausência de terra firme e de gelos com muitos anos de idade, impedem a utilização de métodos geofísicos convencionais para estudar a área do subsolo. Os cientistas deverão desenvolver novas tecnologias para o estudo do Ártico.

    "Os cientistas <…> propuseram usar um método não-convencional eletromagnético de correntes verticais para o estudo do Ártico, que é baseado na utilização de um gerador de campo elétrico particularmente complexo (um dipolo elétrico circular) e permite registrar anomalias sutis nas ondas que voltam do subsolo", explica o artigo.

    Os cientistas notam que esta é uma das poucas tecnologias capazes de operar em condições árticas, e planejam usar o gelo flutuante para instalação de uma base móvel. Nela os cientistas serão capazes de observar por um longo tempo as profundezas da Terra sob o fundo do marítimo naquele região.

    Atualmente o projeto está em fase de desenvolvimento, os cientistas estão realizando a modelagem matemática tridimensional do funcionamento de uma instalação desse tipo e discutindo todos os aspectos tecnológicos. Foi referido que a base de grande escala não poderá ser construída sem a colaboração de empresas como a Gazprom e Rosneft, que pretendem trabalhar na plataforma continental do Ártico.

    Mais:

    Rússia terá mais de dez centros de emergência e resgate no Ártico
    Cientistas dos EUA começaram a estudar sinal 'alienígena' captado por russos
    Tags:
    petróleo, Academia de Ciências da Rússia, Ártico, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik