09:41 11 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    685
    Nos siga no

    O maior avião do mundo decolou no Reino Unido em voo de teste, poucos dias depois de tentativa fracassada devido a problemas técnicos, informa a agência AFP.

    Airlander 10, meio avião e meio dirigível, originalmente tinha seu projeto custeado pelo Exército dos EUA, sendo abandonado por eles devido à falta de financiamento. O governo britânico gastou cerca de 3,7 milhões de dólares para finalizá-lo.

    © Ruptly .
    Reino Unido realizou testes com maior avião do mundo, o Airlander 10

    O comprimento do Airlander 10 é de 92 metros, o gigante é capaz de realizar voo a uma altura de cerca de 4,9 quilômetros e atingir velocidades de até 148 quilômetros por hora. Enchido com hélio, o Airlander 10 pode permanecer no ar cerca por até duas semanas (com tripulação, até cinco dias).

    "Esta inovação, desenvolvida no Reino Unido é uma combinação que inclui elementos de aeronave com asa fixa, helicóptero e dirigível" – relata o representante da empresa que desenvolve híbridos aéreos (HAV) Stephen Makglennan.

    De acordo com representantes da HAV, o Airlander 10 tem potencial no setor comercial, particularmente na área de frete.

    Segundo a agência, em experiência passada no lançamento de grandes aeronaves terminou em tragédia: em 1930, do mesmo aeroporto, onde testaram o Airlander 10, decolou o dirigível R101, que caiu na França e causou a morte de quase 50 pessoas. Depois da tragédia, o desenvolvimento de dirigíveis foi interrompido por muitos anos.

    Mais:

    Rússia planeja usar satélite atmosférico Sova no Extremo Norte
    Avião Solar Impulse 2 completa volta ao mundo
    Tags:
    voo, teste, dirigível, Reino Unido
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar