16:32 05 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 10
    Nos siga no

    Um software desenvolvido pelo Observatório Nacional, instituto de pesquisa vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), permite conhecer os fenômenos astronômicos, desde a previsão das marés oceânicas a informações geofísicas, como as movimentações do sol e da lua.

    Batizado de "Astro — Um conjunto de ferramentas de Astronomia", o software pode ser acessado por qualquer pessoa. A linguagem é simples e direta, facilitando a compreensão do público. Segundo o pesquisador Carlos Veiga, chefe da Divisão de Atividades Educacionais do Observatório Nacional, “O Astro é um pacote de ferramentas que visa atender a sociedade em geral, e não só os astrônomos, estudantes ou pesquisadores. É visualmente interessante. Apresentamos os dados em 3D. O Astro é um pacote de aplicativos. Em cada um tem uma descrição dos fenômenos, numa linguagem simples, objetiva e acessível a crianças e adultos."

    O software foi criado por Carlos Veiga e equipe em 1987 e, recentemente, foi totalmente remodelado para servir à comunidade científica e também à população. Este ano, ganhou o registro do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (Inpi).

    Ainda de acordo com CarlosVeiga, "o Astro visa oferecer uma série de conceitos e fenômenos que queremos mostrar para a sociedade. Possui atrativos como nascer e ocaso do sol, as fases da lua, previsão de eclipses lunar e solar. Uma série de fenômenos que acontece no cotidiano da população que nós estamos disponibilizando", acrescenta.

    Com o Astro, o Observatório Nacional volta a fazer as previsões das marés oceânicas para o porto do Rio de Janeiro, atividade que exerceu no início do século 20. De 1912 a 1964, era utilizada uma máquina de fabricação inglesa para executar este trabalho, depois atribuído à Marinha do Brasil. Agora, será com auxílio de tecnologia de ponta que o Observatório Nacional retoma atividade não só no Rio, mas em outros 55 portos do Brasil.

    "Em cooperação com a Marinha do Brasil, estamos prevendo marés através do software. O Astro fornece informações sobre a variação dos oceanos, nível dos portos, entre outras. Esse serviço acaba por orientar o atracamento das embarcações", diz o pesquisador.

    O software utiliza ferramentas de Astronomia e Geofísica e compila os dados oceanográficos das tábuas de marés publicadas pela Marinha. A aplicação simula eventos astronômicos associados ao fenômeno das marés, como a perturbação da lua e do sol sobre a Terra.

    O Astro pode ser acessado por meio de computadores e smartphones que possuam navegadores capacitados a executar a tecnologia WebGL.

    Para se conectar ao Astro, acesse este link:

    http://www.mcti.gov.br/noticia/-/asset_publisher/epbV0pr6eIS0/content/observatorio-nacional-lanca-aplicativo-com-as-fases-da-lua-eclipses-mares-e-outros-servicos;jsessionid=028006C4DB3C3E24E0AD37C2EC861CAD


    Mais:

    Pôr do sol no espaço: imagens deslumbrantes do nosso Sistema Solar
    O seu DNA pode ser enviado ao espaço
    Microrganismos de Chernobyl viajarão para o espaço
    Tags:
    aplicativo, espaço, eclipse, Lua, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar