01:51 23 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Um dinossauro

    Cientistas russos descobrem nova espécie de dinossauro na Sibéria

    © AFP 2018 / Arno Burgi
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 40

    Cientistas da cidade russa de Tomsk examinaram os restos mortais de um animal enorme e concluíram que são de um dinossauro anteriormente desconhecido.

    O paleontólogo russo Sergei Leschinsky comenta à Sputnik o descobrimento deste réptil:

    "As particularidades estruturais deste dinossauro fazem sua diferença em relação aos outros, de acordo com o comunicado oficial. Mas não podemos dizer se este réptil era, por exemplo, mais forte do que os outros, porque por enquanto não se sabe", disse o paleontólogo Sergei Leschinsky da Universidade de Tomsk (TSU na sigla em inglês).

    Os cientistas da TSU relatam que a principal particularidade deste dinossauro é a estrutura de seu esqueleto que nunca tinha sido observada anteriormente.

    Os fósseis de dinossauro
    © AP Photo / Steve Brusatte/University of Edinburgh
    "O dinossauro tinha um corpo em forma de cilindro, cabeça pequena e rabo e pescoço muito longos", disse Leschinsky à Sputnik. Este dinossauro viveu cerca de 100 milhões de anos atrás, tinha cerca de 20 metros de comprimento e pesava cerca de 50 toneladas.

    Os restos foram descobertos já em 2008, mas levou muito tempo para tirá-los de um fóssil petrificado.

    Os cientistas da TSU estão agora terminando a descrição de sua descoberta e tentam reunir os restos em um único corpo. A nova espécie em breve receberá seu próprio nome em latim.

    Mais:

    Descoberto novo dinossauro na Argentina
    Um verdadeiro Parque Jurássico: O ataque do 'dinossauro' furioso
    Cientistas propõem nova teoria de evolução do universo
    Tags:
    cientistas, paleontologia, dinossauro, Sibéria, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik