23:02 17 Junho 2018
Ouvir Rádio
    Construção do reator nuclear russo

    Físicos russos fazem progressos no desenvolvimento de reator termonuclear

    © Sputnik / Pavel Lisitsyn
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    451

    Os cientistas do Instituto de Física Nuclear conseguiram alcançar um aquecimento sustentável do plasma até dez milhões de graus Celsius.

    O anúncio foi feito pelo vice-diretor para pesquisas científicas da entidade, Aleksandr Ivanov.

    O perito ressalta que esse acontecimento possui grande importância em perspectiva, inclusive no que diz respeito à criação de um reator termonuclear com base numa 'armadilha aberta'.

    Segundo Ivanov, no momento os especialistas estão trabalhando no projeto para criar um reator termonuclear nos próximos 20 anos que será uma alternativa ao Reator Experimental Termonuclear Internacional (ITER na sigla em inglês) já existente.

    Os cientistas russos preveem que nos próximos testes a temperatura do plasma aumentará drasticamente enquanto já foi ultrapassado o indicador mínimo necessário para criar o reator termonuclear.

    De acordo com Ivanov, o instituto considera a criação de armadilhas da próxima geração, cujos parâmetros serão ampliados.

    Os cientistas elaboraram um método de geração de plasma por meio de radiação potente de ondas eletromagnéticas numa armadilha magnética aberta de grande dimensão. Isso permitiu realizar provas de retenção do plasma com parâmetros termonucleares.

    "Agora podemos obter plasma em condições mais puras e controladas", indica Ivanov.

    Antes, o instituto tinha informado dos planos para desenvolver um reator alternativo que fosse mais atraente em termos comerciais em comparação com o ITER.

    O instituto pretende oficializar o projeto (cujo nome é armadilha dinâmica de gases) no quadro do programa de financiamento do Fundo Científico Russo que estará em vigor até 2018.

    Mais:

    Rússia se oferece para construir reator nuclear na África do Sul
    Índia inaugura segundo reator de usina nuclear
    Tags:
    plasma, armadilha, temperatura, reator nuclear, testes, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik