10:34 22 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    A falha de Santo André, que se estende a cerca de 800 milhas através de Califórnia

    Lua e Sol causam terremotos na Falha de Santo André

    © flickr.com/ Doc Searls
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 75802

    Cientistas do Serviço Geológico dos EUA determinaram que a atração gravitacional da Lua e do Sol podem causar terremotos de baixa frequência na Falha de Santo André, o que permite prever grandes sismos.

    A falha de Santo André, que se estende a cerca de 800 milhas através de Califórnia, é uma formação geológica entre placas tectônicas. Ela acumula tensão criada pelo movimento de duas placas ao longo do tempo e às vezes o libera em momentos imprevisíveis. Na última vez isso aconteceu em 1903, provocando mais de 300 mil feridos e desalojados na costa ocidental americana.

    Esses tremores de terra parecem ser desencadeados pela gravitação, que “comprime e estica” a crosta da Terra, supõem os pesquisadores no seu estudo.

    Como foi observado por Nicholas van der Elst, um dos autores do estudo, os sismos são mais intensos durante as duas semanas da Lua Crescente: “A Lua, quando está ‘puxando’ na mesma direção que a falha está deslizando, faz com que a falha deslize mais rápido”.

    Dado que os terremotos na profundidade da Falha normalmente se transmitem a outras regiões, essa informação pode ser útil para predizer possíveis sismos noutros locais, explica David Shelly, um sismólogo e coautor do estudo.

    Mais:

    Terremoto atinge área de mineração no Chile
    Terremoto de 5.5 graus sacode o Peru
    Tags:
    terremoto, Califórnia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik