04:18 22 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    060
    Nos siga no

    O fabricante de microeletrônica da Rússia Angstrem está negociando o fornecimento de cerca de 10.000 circuitos resistentes à radiação para o programa espacial da Índia, informou o jornal Izvestia nesta terça-feira (5).

    A Angstrem entrou em contato com uma empresa indiana privada conhecida como subcontratador da Organização Indiana de Pesquisa Espacial (ISRO, na sigla em inglês), oferecendo-lhe o fornecimento de circuitos eletrônicos no valor de US $ 200 mil (cerca de R$ 700 mil).

    Sol e Marte
    © AP Photo / Centro de Voos Espaciais Goddard/NASA
    Vários sistemas eletrônicos de controle de naves espaciais e lançadores estão sendo testados atualmente na Índia, diz a publicação, acrescentando que Angstrem pode começar o fornecimento a partir de setembro se os resultados dos testes forem positivos.

    A Índia está reforçando suas capacidades da indústria espacial. Em maio, o primeiro ônibus espacial da Índia, o ReUsable Launch Vehicle — Tecnology Demonstrator (RLV-TD), foi lançado da ilha de Sriharikota. A ISRO planeja testar mais dois protótipos deste modelo, para desenvolver uma versão final do ônibus espacial, que deverá ser lançado em 2030.

    ​Nova Delhi possui vários satélites científicos, de comunicação e de navegação. A Índia, junto com a Rússia, o Japão, os Estados Unidos e a Agência Espacial Europeia, tem o seu próprio projeto de observatório espacial.

    Mais:

    Índia cria número de telefone para proteção de vacas
    Índia realiza lançamento do míssil antiaéreo Barak-8
    Índia coloca com sucesso 20 satélites em órbita
    Tags:
    Índia, Rússia, EUA, Japão, satélite, comunicação, navegação por satélite, lançador, testes, empresa, negociações
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar