10:57 20 Fevereiro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    152
    Nos siga no

    O próximo rover marciano da NASA, que será enviado ao Planeta Vermelho em 2020, será provavelmente equipado com um pequeno helicóptero.

    Como informa o site Space.com, este será o primeiro aparelho com capacidade de voar na atmosfera de Marte. É necessário que o helicóptero do rover tenha as pás do rotor mais largas porque a pressão da atmosfera de Marte se distingue consideravelmente da pressão terrestre.

    O cobrimento de gelo em Marte
    © NASA . JPL/Arizona State University, R. Luk
    "Todos os helicópteros usam o giro das hélices para voar. As pás geram o fluxo necessário usando a densidade atmosférica. Mas isso não é suficiente [a densidade], temos que acelerar as pás ou será necessário que elas sejam mais largas e leves", comentou Mike Meacham, engenheiro mecânico do Laboratório de Propulsão a Jato da NASA, localizado em Pasadena, Califórnia.

    A NASA planeja utilizar painéis solares para recarregar as baterias do helicóptero, o qual será capaz de realizar voos de reconhecimento diários de dois ou três minutos de duração.

    Mais:

    Cientistas russos criam estação que permite ao homem viver em Marte (VÍDEO)
    Astronautas verão tsunami em Marte?
    Cientistas encontraram marcas de água fervente em Marte
    Curiosity obtém imagens evidenciando mudanças em Marte nos últimos 3 bilhões de anos
    Tags:
    exploração espacial, espaço, Curiosity, NASA, Marte, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar