10:10 25 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Foguete Soyuz-2.1a

    Na Rússia será elaborado novo sistema de resgate de espaçonaves

    © Sputnik / Oleg Urusov
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    8151

    O sistema de resgate de emergência da nova aeronave espacial russa será elaborado pelo Instituto de Moscou de Tecnologia Térmica (MITT), afirmou aos jornalistas o construtor-geral Yury Solomonov nesta segunda (16).

    A nova aeronave tripulada de transporte russa de nova geração "Federação" foi desenvolvida na Corporação de Foguetes Espaciais S.P. Korolev (RSK Energia). A aeronave é projetada para o transporte de pessoas e carga para a Lua e para estação espacial na órbita da Terra. Na sua construção foi utilizada uma nova tecnologia, que ainda não têm análogos na cosmonáutica mundial. O primeiro lançamento da aeronave no modo não tripulado está previsto para 2021 e com tripulação — em 2023.

    "Assim como em todas as aeronaves anteriores, além das soluções de pilotagem, também foram consideradas tarefas de salvação da tripulação, em particular, no caso da emergência. No caso de o lançamento ser abortado ou de fracasso na etapa inicial do voo, começa funcionar o sistema de motores independentes da aeronave, que a leva para longe do foguete defeituoso por uma trajetória especial", disse Solomonov.

    "Do ponto de vista da ideia não tem nada de novo, mas o sistema foi elaborado "do zero". É, na verdade, um minifoguete. O MITT é o principal construtor deste sistema de resgate de emergência", acrescentou ele.

    O sistema de resgate de emergência é projetado para levar a aeronave com a tripulação a uma distância segura do foguete, e, em seguida, o fazer aterrissar através de paraquedas na Terra. Na história das missões tripuladas de espaçonaves russas como o foguete-portador Soyuz, o sistema foi utilizado apenas duas vezes.

    Mais:

    Roscosmos se prepara para lançar primeira nave tripulada Soyuz MS a partir de Baikonur
    Rússia termina voos de teste de versões melhoradas do foguete Soyuz-2
    Nave espacial russa Soyuz deixa cosmódromo de Baikonur
    Tags:
    não tripulado, tripulação, piloto, espaço, missão, resgate, foguete-portador, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik