12:42 23 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Ibn Sina

    Supernova e antiga: cientistas acham descrição de fenômeno celeste de filósofo árabe

    © flickr.com/ Blondinrikard Fröberg
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    159331

    Pela primeira vez, os cientistas estudaram um texto do cientista medieval Ibn Sina (conhecido por seu nome latinizado Avicena), que vivia no século XI. No texto, o sábio descreveu observações de uma supernova no ano 397 do calendário hegírico, calculado como 1006 D.C.

    Uma imagem de Crab Nebula (que é restos expandidos de uma supernova) tirada pelo telescópio Hubble.
    © NASA. ESA/Universidade Estatal de Arizona
    Os cientistas que estudaram o relato de Avicena acreditam que esta obra foi escrita quando ele estava no território do atual Irã, Turcomenistão ou Uzbequistão, mais provavelmente o último. Eles traduzem a sua descrição da aparência visual da supernova, a sua direção e outros parâmetros.

    O medieval escreveu que o objeto era "sem cauda", o que o distinguia dos objetos transitórios mais comuns, como cometas com caudas.

    A nova estrela “estava ficando a cada vez menos brilhante antes de desaparecer", e "se tornou menos brilhante ainda e desapareceu", escreveu ele.

    "No início dava a impressão de ser escura e verde, depois ela começou a lançar faíscas e tornou-se mais e mais branca", continua o relato.

    Um texto de Ibn Sina sobre a supernova decoberto recentemente
    Um texto de Ibn Sina sobre a supernova decoberto recentemente

    O seu relatório em árabe é uma das várias descrições históricas de supernovas que ajudam os cientistas na sua compreensão destes eventos celestes, esta obra adicionou a nova informação sobre a supernova que também foi observada em 1006 D.C. em Iêmen, Marrocos, China e Japão.

    Os cientistas modernos também provêm às astrônomos as informações sobre observações de supernovas em 1054 (de Ásia Oriental e da Arábia), 1181 (Ásia Oriental), 1572 e 1604 D.C. (os dois últimos observados no leste da Ásia e Europa).

    "Relatórios históricos contêm a data da observação (daí, se esclarece a idade de supernova e, se existe, da estrela de nêutrons), juntamente com uma curva de luz (portanto, possivelmente, se esclarece o tipo de supernova), e por vezes, a cor e sua evolução e a posição", explicaram os cientistas no seu artigo, publicado no site ArXiv.org.

    Avicena (980-1037 D.C.) foi um médico e filósofo persa que é considerado como o mais famoso e influente filósofo e cientista medieval do mundo islâmico.

    Mais:

    Astronauta da NASA saúda rapaz russo que foi alvo de bullying
    Roscosmos: NASA está interessada em utilizar cosmódromo russo Vostochny
    NASA projeta reinstalar asteroide em espaçonave
    Tags:
    supernova, história, Ibn Sina, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik