09:10 23 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    A Terra vista da Estação Espacial Internacional

    Países do BRICS planejam cooperar no espaço para proteger a Terra

    © Foto: NASA/Reid Wiseman
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    BRICS em 2016 (30)
    121082121

    A troca de dados de sensoriamento remoto da Terra permitirá reagir mais rápido às emergências, aos cataclismos e às poluições, declarou o chefe da estatal russa Roscosmos, Igor Komarov, que agora esta em visita na China.

    Os países do BRICS estão trabalhando em conjunto na iniciativa da troca de dados de sensoriamento remoto da Terra, que dará a possibilidade de reagir às emergências, disse no domingo (24) a jornalistas Igor Komarov.

    "A iniciativa pratica que estamos elaborando juntamente com os BRICS é uma troca de dados de sensoriamento remoto, que fará possível uma reação mais rápida às emergências, aos cataclismos, às poluições e a outros aspectos. Eu acho que isso pode chegar a ser implementado logo e será algo muito útil do ponto de vista prático para o grupo BRICS", disse Komarov, que agora está na China com o motivo de celebrar o primeiro Dia do Cosmonauta nesse país.

    O Dia do Cosmonauta da China vem comemorar um evento que tem 46 anos já. No dia 24 de abril de 1970, a China lançou com êxito o seu primeiro satélite artificial da Terra Dong Fang Hong 1. O novo feriado nacional foi criado pelo governo da China e será comemorado anualmente.

    No âmbito da sua visita Komarov, realizou também uma série de negociações com os chefes da Administração Espacial Nacional da China.

    Tema:
    BRICS em 2016 (30)

    Mais:

    Roscosmos: NASA está interessada em utilizar cosmódromo russo Vostochny
    Chefe da Roscosmos: ‘Nós mantemos a liderança em muitas áreas’
    Tags:
    Terra, meio ambiente, espaço, BRICS, Roscosmos, Igor Komarov, Rússia, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik