05:39 24 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    O octocopter NELK

    Drone russo estabelece recorde mundial de duração de voo

    © Sputnik/ Evgeny Biyatov
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    73605141

    O octocopter NELK, com pilhas de combustível hidrogênio-ar, ficou no ar mais de três horas, informa o jornal russo Izvestia.

    Durante os testes na cidade de Chernogolovka, região de Moscou, o octocopter da empresa russa NELK, equipado com pilhas de combustível hidrogênio-ar e construído pelo Instituto de Problemas Químico-Físicos da Academia de Ciências da Rússia, estabeleceu um recorde mundial de duração de voo em espaço aberto entre aviões não tripulados. O voo de octocopter durou 3 horas e 10 minutos. Um novo sistema de combustível, que permite à máquina permanecer no ar por um tempo tão longo, foi desenvolvido em parceria com o Instituto Central de Motorização Aeronáutica P.I. Baranov (CIAM, na sigla em inglês) e a Corporação Aeronáutica Unida (OAK).

    Durante mais de um ano, desde março de 2015 até abril de 2016, o novo drone passou por uma série de testes, disse Igor Vasilevsky, diretor executivo da NELK. O drone está equipado com uma fonte de energia eletroquímica — o motor com pilhas de combustível hidrogênio-ar. O motor (de produção nacional) permite realizar os voos quer com temperaturas negativas, quer em condições de alta umidade.

    O peso do octocopter é 12 kg, a potência do motor – 1,3 kW, a carga útil  0,5 kg.

    O combustível de hidrogênio é considerado o mais promissor na esfera dos transportes. Por isso, várias empresas estão realizando estudos e desenvolvimentos nesta área. Por exemplo, a empresa canadense EnergyOr Tecnologies Inc mostra resultados impressionantes. Em junho de 2015, ela relatou sobre o voo recorde de um drone com um motor de combustível de hidrogênio que durou 3 horas, 43 minutos e 48 segundos. Segundo o vídeo, divulgado pelo site da EnergyOr Tecnologies Inc, o voo foi realizado no hangar. O drone subiu a uma altitude de um metro e meio, e ficou parado no ar. Ou seja, o recorde foi estabelecido no modo de economia de energia e em um espaço fechado.

    Os testes de octocopter NELK, ao contrário, foram realizados em espaço aberto e em condições meteorológicas difíceis. 

    Fábrica de caminhões Kamaz
    © Sputnik/ Vladimir Vyatkin
    O drone voou em condições de vento forte e chuva, disse Yury Dobrovolsky, chefe do laboratório de iônica e do estado sólido da Academia de Ciências da Rússia, que participou dos testes. Ao mesmo tempo, os modos de voo também foram diferentes: em piloto automático e em modo gerenciado, quando o octocopter estava mudando de altura e transmitindo imagens e vídeos. No modo da economia de energia, segundo os cálculos, ele poderia voar cerca de 4 horas e 20 minutos.

    O construtor-geral da OAK, Sergei Korotkov, disse que as tecnologias da Academia de Ciências da Rússia podem ser aplicadas nas novas aeronaves civis (o avião MS-21 de médio curso e um avião de grande porte) que estão em desenvolvimento em parceria com empresas estrangeiras.

    Mais:

    Forças de Donetsk derrubam drone ucraniano em Donbass
    Preparado para a defesa: drone filma exercícios militares em Donbass
    Tags:
    aviação civil, tecnologia, drone, avião, OAK, Sergei Korotkov, Canadá, Moscou, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik