00:09 28 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    835
    Nos siga no

    A Microsoft pede desculpas pelas mensagens publicadas pelo seu robô virtual Tay, que continham palavrões e ofensas, informou um anúncio do vice-presidente da companhia Microsoft Research, Peter Lee.

    O chatbot da Microsoft, é um projeto de máquina aprendiz que se aprimora e se desenvolve através do diálogo com os usuários e aumenta o seu vocabulário com ajuda das réplicas dos seus interlocutores. Este mecanismo de aprendizado da IA (Inteligência Artificial) provocou uma transformação no robô, que começou a se comportar de forma racista e a defender o nazismo, o genocídio, bem como a usar palavrões e a proferir declarações políticas provocativas. 

    “Lamentamos profundamente as ofensas não intencionais e os tweets da Tay. Elas não refletem aquilo que somos, as nossas convicções e o modo como concebemos a Tay”, escreveu Lee em seu blog no site oficial da empresa.

    Microsoft declarou que pretende “extrair lições” da experiência e afirmou que não desistirá de tentar aperfeiçoar as tecnologias relacionadas à internet. Peter Lee, em seu blog, disse pretender continuar trabalhando para que a internet “represente o melhor, e não o pior da humanidade”.

    Tags:
    chatbot, inteligência artificial, Microsoft, Tay, Peter Lee
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar