08:03 22 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Lançamento de um foguete portador russo Proton-M (foto de arquivo)

    Missão russo-europeia buscará vida em Marte

    © Sputnik / Oleg Urusov
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    19432

    A semana inicia com uma notícia positiva para o mundo da ciência: a primeira missão conjunta espacial russo-europeia parte para Marte. O objetivo é buscar vida no planeta.

    Sol e Marte
    © AP Photo / Goddard Space Flight Center/NASA
    O lançamento da nave espacial está previsto hoje para as 9h31 GMT (6h31 em Brasília). Serão lançados um foguete-portador do tipo Proton-M com o bloco de aceleração Briz-M, dois satélites, um módulo de aterrissagem, o Schiaparelli, e o módulo orbital Trace Gas Orbiter, segundo o comunicado da autoridade espacial russa.

    O lançamento faz parte do programa ExoMars, realizado conjuntamente desde 2012 pela empresa estatal russa Roscosmos e a Agência Espacial Europeia (ESA).

    O objetivo principal da missão é procurar vestígios de metano na atmosfera do Planeta Vermelho. A presença desta substância seria prova de que Marte foi (ou ainda é) habitado. O segundo objetivo, esclarecido pelo porta-voz da Roscosmos, é testar uma "tecnologia-chave" para a segunda parte da missão ExoMars, programada para 2018.

    Na hora do lançamento, a Roscosmos irá acompanhar o evento, considerado como "histórico", com uma transmissão ao vivo disponível no seu site (mas você pode assistir também aqui em baixo). Na sede da Roscosmos, na região de Moscou, terá lugar uma conferência dedicada às perspectivas da pesquisa em Marte.

    Tags:
    Proton-M, Agência Espacial Europeia (ESA), Roscosmos, Espaço, Marte, Baikonur
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik