01:14 21 Fevereiro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    11302
    Nos siga no

    Imagine um time de robôs que realizam uma operação de resgate. Ou detêm e eliminam terroristas. Os robôs russos serão capazes de se organizar em grupos autosuficientes, escolher um líder e realizar automaticamente operações conjuntas complicadas.

    A Rússia testou com sucesso e começou a usar o software Unicum, projetado para controlar um grupo de robôs.

    Este sistema único na Rússia está previsto para ser usado tanto em robôs civis como militares, por exemplo, veículos aéreos não tripulados, disse o fabricante à RIA Novosti.

    O software dota as máquinas com capacidades intelectuais para realizar tarefas sem controle humano. O software pode gerenciar 10 sistemas robóticos em terra, mar e no ar.

    Uma peculiaridade interessante do Unicum é que dá às máquinas uma habilidade impressionante de auto-organização. Os robôs serão capazes de distribuir as tarefas, selecionar um líder, substituir as unidades danificadas, procurar alvos e os atingir em modo automático.

    No entanto, nem só os russos desenvolvem este campo da ciência. Os programadores do Instituto de Tecnologia de Massachusetts criaram um sistema de inteligência artificial que supera o homem na intuição. O sistema sabe analisar grandes quantidades da informação científica.

    Segundo Max Kanter, um dos criadores desta inteligência artificial, ela poderá provocar uma mini-revolução: o sistema saberá escolher o algoritmo correto de processamento dos dados científicos.

    Mais:

    Novo aparelho russo mudará imagem do universo
    Mídia dos EUA elogia novo drone da Rússia
    Tags:
    inteligência artificial, Ciência e Tecnologia, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar