09:12 23 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Vice-primeiro-ministro russo Dmitry Rogozin visita estação do Glonass na Universidade de Brasília (UnB) em dezembro de 2014

    Rússia e universidade gaúcha vão abrir segunda estação do Glonass no Brasil

    Alexander Krasnov/Sputnik
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    BRICS: organização do futuro (189)
    0 2249363

    A Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) assinou uma parceria com o governo russo e com a corporação russa Sistemas e Instrumentos de Precisão para a instalação de uma nova estação de captação de sinais de satélite do sistema de navegação global Glonass, análogo russo do sistema norte-americano GPS, segundo disse a agência de notícias Gaúcha.

    Ministro da Defesa, Jaques Wagner e o governador Luiz Fernando Pezão participam da abertura da LAAD Defence & Security
    LUIZ SOUZA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
    O convênio promete aumentar os recursos para a pesquisa e o desenvolvimento tecnológico da universidade gaúcha, segundo afirmou o Reitor Paulo Burmann, que participou da cerimônia de assinatura do acordo na terça-feira (14), durante a LAAD-2015, Feira Internacional de Defesa e Segurança que acontece no Rio de Janeiro até a sexta-feira (17). 

    Segundo o reitor, que assumiu o cargo em julho do ano passado, a parceria vai possibilitar especialmente o progresso de cursos como engenharia de telecomunicações e engenharia aeroespacial, além do desenvolvimento de um sistema de geoposicionamento por parte da UFSM. 

    Além disso, a iniciativa também disponibilizará duas bolsas de iniciação científica para estudantes de graduação, uma de mestrado e quatro para pesquisadores da universidade. Os custos serão cobertos pelo governo russo, que não divulgou o valor total do investimento.

    Em dezembro de 2014, uma comitiva liderada pelo vice-primeiro-ministro russo Dmitry Rogozin, que também comanda o setor aeroespacial e de defesa em seu país, esteve no Brasil para fazer avançar a cooperação bilateral entre os dois países nesta área. Na ocasião, o vice-premiê teve a oportunidade de inspecionar a estação do Glonass situada no campus da Universidade de Brasília (UnB), que foi a primeira do tipo instalada fora da Rússia.   

    Tema:
    BRICS: organização do futuro (189)

    Mais:

    Banco e Fundo do BRICS complementam FMI e Banco Mundial
    Rússia possui o maior Índice de Tecnologia da Informação entre os BRICS
    Especialista: EUA tentaram derrubar Dilma temendo fortalecimento dos BRICS
    Tags:
    aeroespacial, sistema de navegação global, feira de segurança, satélite, Defesa, cooperação, GPS, Glonass, LAAD – Defence & Security 2015, LAAD 2015, UFSM, UnB, Universidade Federal de Santa Maria, Universidade de Brasília, BRICS, Paulo Burmann, Dmitry Rogozin, Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasília, Rio de Janeiro, Rússia, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik