20:59 21 Novembro 2017
Ouvir Rádio
    International Space Station

    Cosmonautas partem em expedição de um ano para EEI nesta sexta-feira

    © Foto: NASA
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    137972

    A nave Soyuz TMA-16M será lançada nesta sexta-feira do cosmódromo de Baikonur.

    Nesta sexta-feira, no cosmódromo de Baikonur, será realizado o lançamento da nave espacial tripulada Soyuz TMA-16M. 

    Segundo informou a agência TASS, o lançamento está agendado para 22:42hs de Moscou (16:42hs de Brasília).

    A nave será pilotada pelo cosmonauta da agência espacial russa, Roscosmos,  Gennady Padalka, o mais experiente da tripulação. Ele já passou 710 dias em órbita e realizou 9 caminhadas em espaço aberto. Esta será a sua quinta viagem espacial.  

    Durante a viagem, que será de seis meses, Padalka deve bater o recorde de Sergei Krikalev (803 dias em órbita) de permanência em uma Estação Espacial.

    Os seus colegas serão o cosmonauta Mikhail Kornienko e o astronauta da NASA, Scott Kelly. No sábado, 28 de março, o grupo de juntará a Terry Virts (EUA), Anton Shkaplerov (Rússia) e Samantha Cristoforetti (Itália), atual equipe da EEI. 

    Diferentemente de Padalka, que retorna à Terra no outono, Kornienko e Kelly permanecerão em órbita por um ano. Eles realizarão um extenso programa científico, inclusive alguns experimentos conjuntos.

    Nesta expedição, Scott Kelly desempenhará um papel especial. Os cientistas pretendem estudar as influências negativas do voo espacial nos genes humanos. As alterações no organismo do astronauta serão controladas com ajuda dos seu irmão gêmeo, Mark Kelly, que permanecerá na Terra. Cientistas acreditam que um voo de tão longa duração permitirá à humanidade realizar mais um passo ao encontro de voos espaciais de longa distância. 

    Essa será a primeira experiência de um astronauta da NASA em missão anual. 

    Os cosmonautas russos e soviéticos já realizaram missões dessa extensão. Assim, em 1988, Vladimir Titov e Musa Manarov passaram 365 dias na Estação Espacial. Já em 1995, Valery Polyakov passou 437 dias em missão espacial, estabelecendo o recorde mundial de permanência em órbita.   

    O lançamento da Soyuz TMS-16M será acompanhado por 20 aviões e helicópteros militares e civis para caso de um pouso de emergência. A acoplagem da Soyuz com a EEI deverá acontecer no sábado, dia 28 de março, às 04:36h de Moscou (22:36h de Brasília, sexta-feira).

    Tags:
    Soyuz, NASA, Roscosmos, Valery Polyakov, Musa Manarov, Vladimir Titov, Samantha Cristoforetti, Anton Shkaplerov, Terry Virts, Scott Kelly, Mikhail Kornienko, Sergei Krikalev, Gennady Padalka, Baikonur, Itália, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik