05:54 23 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    Rio de Janeiro e São Paulo vistas da EEI

    Rússia oferece seis meses na EEI para turistas espaciais

    © AFP 2017/ NASA/ HANDOUT
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 555102

    A Agência Espacial Federal da Rússia (Roscosmos) ofereceu um lugar na Estação Espacial Internacional (EEI) por seis meses a um turista espacial.

    Quem pagar o valor astronômico do assento, que tradicionalmente é ocupado por um membro da tripulação espacial russa, ajudará a baixar os custos orçamentais do programa espacial, segundo disse o chefe do conselho técnico-científico da Roscosmos, Yuri Koptev, em entrevista coletiva nesta terça-feira (24).

    "Foi recomendado que se abordasse o problema de baixar a carga orçamentária e, possivelmente, até mesmo vender uma expedição de longo prazo, em vez de curto, a um turista espacial, à custa de cortar a presença da Rússia", disse Koptev. Ele não descartou que a recomendação pode se transformar em uma instrução oficial para a corporação de foguetes espaciais RKK Energia.

    "A Rússia tem que manter um cosmonauta russo a bordo, no mínimo, enquanto a quota prevê três cosmonautas russos presentes a bordo da EEI. Por enquanto, não há voluntários para comprar tal voo espacial", disse Koptev, alegando que "a razão mais provável” é o alto custo da viagem.

    Para se ter uma ideia, o primeiro turista desembarcou na estação orbital em 2001. O nova-iorquino Dennis Tito pagou US$ 20 milhões pela excursão e teve apenas 8 dias de experiência no espaço, período em que deu mais de 120 voltas ao redor da Terra.   

    Mais:

    Estação Espacial agora presta serviços de cabeleireiro
    Chefe de NASA: sem a Rússia, Estação Espacial Internacional está “perdida”
    EUA querem cooperar com a Rússia na Estação Espacial Internacional até 2027
    Tags:
    turismo espacial, Estação Espacial Internacional (EEI), Roscosmos, Terra, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik