23:12 27 Maio 2020
Ouvir Rádio
    Charges

    Invadindo primeiro, negociando depois

    Charges
    URL curta
    1161
    Nos siga no

    Representante dos EUA na ONU propõe a Israel e Palestina iniciarem negociações enquanto governo israelense considera declarar soberania sobre territórios palestinos.

    Chegou a hora de negociar

    Em declaração na Organização das Nações Unidas, a embaixadora dos EUA na ONU, Kelly Craft, tentou ditar o que o Conselho de Segurança da ONU pode ou não fazer no conflito israelense-palestino:

    "Este conselho não pode ditar o fim para este conflito. Nós só podemos encorajar as partes a se sentarem [à mesa de negociações] para determinar como eles querem progredir", publicou a Reuters.

    Anteriormente, o chefe da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas, decidiu romper todos os acordos com os EUA e Israel como resposta aos planos de Tel Aviv de expandir sua soberania sobre territórios palestinos, em particular no Vale do Jordão.

    Por sua vez, o enviado da ONU para o Oriente Médio, Nickolay Mladenov, disse que "Israel deve abandonar sua ameaça de anexação".

    Mais:

    Irã apoiará qualquer nação ou grupo que lute contra Israel, afirma líder supremo Khamenei
    Irã aprova criação de embaixada virtual em Jerusalém para enfrentar Israel
    China enviará especialistas a Israel para investigar morte de embaixador
    Tags:
    Conselho de Segurança da ONU, EUA, Mahmoud Abbas, Autoridade Palestina, palestinos, Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar

    Mais charges