01:29 13 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Charges

    Há rasgões demais no muro de Trump

    Charges
    URL curta
    460
    Nos siga no

    Enquanto Trump fortalece o muro na fronteira com o México, mexicanos atravessam com mais frequência fronteira norte-americana pelo norte.

    Há rasgões demais no muro de Trump

    Um funcionário mexicano da cidade da Oaxaca, que preferiu manter anonimato, relatou à Sputnik como seus conhecidos utilizam o sistema de vistos eletrônicos canadense (eTA), introduzido em 2016 para cidadãos mexicanos, para entrar no território do Canadá e provar sorte um uma floresta perto da fronteira.

    Presidente dos EUA está seguro de que o muro na fronteira com o México é a única forma de deter a imigração ilegal dos países da América Latina.

    Mais:

    Último erro da Coreia do Norte: será que EUA vão enganar Kim Jong-un com falsa amizade?
    Fora, dólar! Rússia, China e Europa excluem moeda americana de pagamentos internacionais
    EUA vão revelar 'próximos passos' do Plano de Paz do Oriente Médio em breve, diz Kushner
    Tags:
    Canadá, emigração, emigrantes, muro, México, Donald Trump, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar

    Mais charges

    • Deu branco na Europa sobre quem é culpado
      Last update: 13:34 12.11.2019
      13:34 12.11.2019

      Deu branco na Europa sobre quem é culpado

      Chanceleres da França, Alemanha e Reino Unido, em um comunicado conjunto, expressaram grande preocupação com as recentes declarações do Irã sobre enriquecimento de urânio.

    • Nem todos enxergam 'morte' da OTAN
      Last update: 12:12 08.11.2019
      12:12 08.11.2019

      Nem todos enxergam 'morte' da OTAN

      Em entrevista à revista The Economist, o presidente francês Emmanuel Macron se pronunciou sobre o estado atual da aliança OTAN, entretanto, nem todos os líderes mundiais concordaram com a avaliação dele.

    • Amor não correspondido
      Last update: 11:54 06.11.2019
      11:54 06.11.2019

      Amor não correspondido

      O cientista político e professor do Departamento de Relações Internacionais da UERJ, Mauricio Santoro, chamou as relações entre o Brasil e os EUA de "amor não correspondido", caracterizando as tentativas do governo Bolsonaro de construir relação preferencial com os EUA.

    • Quando não aprendeu a controlar terroristas
      Last update: 11:25 05.11.2019
      11:25 05.11.2019

      Quando não aprendeu a controlar terroristas

      O ministro do Interior da Turquia, Suleyman Soylu, acusou países europeus de estarem tentando obrigar Ancara a resolver o problema da presença dos terroristas por si só.