05:07 20 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Charges

    Quando quer ser guerreiro, mas só econômico

    Charges
    URL curta
    206

    O presidente dos EUA, Donald Trump, declarou que não quer travar guerras e que as invasões que prefere são as econômicas.

    Quando quer ser guerreiro, mas só econômico

    "Se for intervir, só economicamente", comentou o presidente em entrevista ao canal Fox News, comentando as declarações do senador Lindsey Graham, que disse que as invasões que ele e Trump buscam são diferentes.

    O presidente adicionou que não quer uma guerra com o Irã e que a única coisa que ele está procurando é "não permitir que eles desenvolvam armas nucleares".

    Mais:

    Por que Israel não quer guerra entre EUA e Irã?
    EUA realizam manobras navais perto do Irã (FOTOS, VÍDEO)
    Tabloide expõe rumo naval britânico igual ao dos EUA contra Irã
    Tags:
    economia, invasão, Irã, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar

    Mais charges

    • Que orelhão em...
      Last update: 11:00 15.08.2019
      11:00 15.08.2019

      Que orelhão, hein?

      Microsoft reconheceu que seus empregados podem ouvir os áudios dos usuários.

    • Privacidade sem limites
      Last update: 09:02 14.08.2019
      09:02 14.08.2019

      Privacidade sem limites

      Facebook transcrevia os áudios de seus usuários empregando trabalhadores externos, sem lhes explicar o objetivo da transcrição e origem das gravações.

    • Quando uma palavra amiga cai bem
      Last update: 09:53 13.08.2019
      09:53 13.08.2019

      Quando uma palavra amiga cai bem

      O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, está querendo uma declaração pública do presidente dos EUA, Donald Trump, na véspera das eleições no país, em apoio aos povoados judeus na Cisjordânia.

    • Faz parte das compras
      Last update: 10:30 09.08.2019
      10:30 09.08.2019

      Faz parte das compras

      O controle de venda de armas é um dos problemas mais discutidos na sociedade norte-americana. A questão se agravou com os quatro tiroteios na última semana.