03:19 30 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Charges

    Trocando dados por grana

    Charges
    URL curta
    0 16
    Nos siga no

    O Facebook utilizou dados de usuários a fim de lidar com concorrentes e ajudar parceiros, comunicou o canal NBC News, citando documentos aos quais obteve acesso.

    Trocando dados por grana

    O canal acessou quatro mil documentos vazados, que englobam e-mails, mensagens trocadas em chats, apresentações, tabelas eletrônicas e gravações de resultados dos encontros do Facebook. 

    Segundo o canal, ao julgar pelos documentos, o fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, junto com os diretores e gerentes da empresa, utilizou dados de usuários da rede social para influenciar empresas parceiras. O canal detalhou que, em alguns casos, o Facebook "remunerava" as empresas, concedendo-lhes acesso aos dados de usuários. Em outras, podia recusar acesso às empresas ou aplicativos competidores.

    Mais:

    Mídia: Hackers teriam roubado dados pessoais de milhares de policiais e agentes do FBI
    Instagram, Facebook, WhatsApp teriam parado de funcionar na Europa
    Bolsonaro vence Trump e lidera interações no Facebook, diz pesquisa
    Tags:
    vazamento, dados pessoais, Facebook, Mark Zuckerberg
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar

    Mais charges

    • Vai com Deus, Diego
      Last update: 08:51 26.11.2020
      08:51 26.11.2020

      Vai com Deus, Diego

      Partiu da vida aos 60 anos de idade Diego Maradona, a lenda do futebol mundial que permanecerá em nossas memórias e corações.

    • Correios dos EUA: mandou, não chegou
      Last update: 09:03 06.11.2020
      09:03 06.11.2020

      Correios dos EUA: mandou, não chegou

      No calor das eleições nos EUA, serviço postal do país atrasa e não consegue entregar mais de 150 mil cédulas eleitorais.

    • Trump paga pau para militares americanos
      Last update: 11:26 28.10.2020
      11:26 28.10.2020

      Trump paga pau para militares americanos

      Durante comício em Waukesha, no estado americano de Wisconsin, Donald Trump afirmou que as Forças Armadas dos EUA são invejadas por Rússia e China.

    • Descreva suas visões
      Last update: 10:09 27.10.2020
      10:09 27.10.2020

      Vendo submarinos russos em todos os cantos

      Militares britânicos reportam aumento considerável da presença de submarinos russos "invisíveis" próximo do litoral do Reino Unido, enquanto se assustam com tal fato.