13:19 26 Abril 2019
Ouvir Rádio
    Charges

    Sacrificando quem não tem medo de revelar

    Charges
    URL curta
    308

    O Equador resolveu suspender o asilo diplomático do fundador do WikiLeaks, Julian Assange, por ele ter violado "várias vezes" o acordo de convivência para garantir permanência na embaixada equatoriana, segundo o presidente equatoriano, Lenín Moreno.

    Sacrificando quem não tem medo de revelar

    A polícia prendeu o ativista nesta quinta-feira (11). Segundo a publicação do WikiLeaks no Twitter, Assange não saiu da embaixada do Equador, mas o próprio embaixador convidou a polícia britânica para dentro do prédio, prendendo-o imediatamente.

    O julgamento deve ocorrer hoje (11), na Suprema Corte do Reino Unido, em Londres.

    Mais:

    EUA acusam Assange de envolvimento na conspiração de Chelsea Manning em 2010
    Editora-chefe da Sputnik sobre prisão de Assange: 'A hipocrisia mundial venceu'
    Publicado VÍDEO de detenção do fundador do WikiLeaks pela polícia de Londres
    Tags:
    asilo, prisão, WikiLeaks, Julian Assange, Equador, Reino Unido
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar

    Mais charges

    • Construindo diplomacia com porta-aviões
      Last update: 12:19 24.04.2019
      12:19 24.04.2019

      Construindo diplomacia com porta-aviões

      O embaixador dos EUA na Rússia, John Huntsman, ameaçou Moscou com dois porta-aviões norte-americanos posicionados no mar Mediterrâneo.

    • Aquela base que precisa ser arrumada
      Last update: 12:55 22.04.2019
      12:55 22.04.2019

      Aquela base que precisa ser arrumada

      O senador norte-americano Bob Menendez deu a entender que os EUA poderiam descolar armamentos da base militar de Incirlik, localizada na Turquia, para a Grécia, caso as relações com Ancara piorem.

    • Medalha nazista
      Last update: 09:28 22.04.2019
      09:28 22.04.2019

      Ex-oficiais nazistas teriam formado exército secreto após 2ª Guerra Mundial

      Documento revela que ex-oficiais nazistas pretendiam criar exército secreto com aproximadamente 40.000 militares após 2ª Guerra Mundial.

    • Saudade de realizar um teste
      Last update: 11:34 18.04.2019
      11:34 18.04.2019

      Saudade de realizar um teste

      A Coreia do Norte testou uma nova arma tática guiada, comunicou a Agência Central de Notícias da Coreia (KCNA). O líder do país, Kim Jong-un, compareceu aos testes.