02:29 21 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Charges

    Equilíbrio fácil de explodir

    Charges
    URL curta
    10200

    A Arábia Saudita ameaçou vender petróleo em qualquer moeda que não seja o dólar norte-americano se Washington aprovar um projeto de lei que exponha membros da OPEP a ações judiciais antitruste nos Estados Unidos, escreveu a agência Reuters, citando três fontes familiarizadas com a política energética saudita.

    Equilíbrio fácil de explodir

    As fontes ainda disseram à agência que a opção tem sido discutida internamente nos últimos meses por autoridades responsáveis pelo setor energético na nação saudita. Duas das fontes ainda afirmaram que o plano de exclusão de pagamentos em dólar americano foi discutido com membros da OPEP.

    Mais:

    Esperando aumento de demanda global, OPEP adia decisão sobre corte na produção de petróleo
    Presidente do Irã: corte de produção da OPEP é fracasso para EUA
    Tags:
    dólares, petróleo, OPEP, EUA, Arábia Saudita
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar

    Mais charges

    • Que orelhão em...
      Last update: 11:00 15.08.2019
      11:00 15.08.2019

      Que orelhão, hein?

      Microsoft reconheceu que seus empregados podem ouvir os áudios dos usuários.

    • Privacidade sem limites
      Last update: 09:02 14.08.2019
      09:02 14.08.2019

      Privacidade sem limites

      Facebook transcrevia os áudios de seus usuários empregando trabalhadores externos, sem lhes explicar o objetivo da transcrição e origem das gravações.

    • Quando uma palavra amiga cai bem
      Last update: 09:53 13.08.2019
      09:53 13.08.2019

      Quando uma palavra amiga cai bem

      O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, está querendo uma declaração pública do presidente dos EUA, Donald Trump, na véspera das eleições no país, em apoio aos povoados judeus na Cisjordânia.

    • Faz parte das compras
      Last update: 10:30 09.08.2019
      10:30 09.08.2019

      Faz parte das compras

      O controle de venda de armas é um dos problemas mais discutidos na sociedade norte-americana. A questão se agravou com os quatro tiroteios na última semana.