00:15 23 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Charges

    Quando provas são nulas e vontade de acusar é infinita

    Charges
    URL curta
    290
    Nos siga no

    Os Estados Unidos não forneceram nenhuma prova da violação russa do Tratado INF, de acordo com o Ministério das Relações Exteriores da Rússia.

    Quando provas são nulas e vontade de acusar é infinita

    "Ao invés de fornecer toda a informação possivelmente disposta, tendo sido isso insistido pela Rússia, os norte-americanos optaram por outro caminho. Inicialmente, houve algumas indiretas como ‘vocês mesmos sabem muito bem como violam [o tratado]'", apontou o ministério.

    "Washington precisou de vários anos antes de apontar um míssil concreto, o 9M729, elaborado no âmbito de modernização do sistema Iskander-M […] Desmentimos e continuamos desmentindo que esta arma foi testada a uma distância proibida pelo Tratado INF", ressaltou a chancelaria russa.

    Mais:

    Saída americana do Tratado INF ameaça estabilidade global, avisa chancelaria russa
    EUA violaram Tratado INF por anos, mas Rússia propõe manutenção do acordo, diz ministério
    Maioria na Rússia não crê em acusações dos EUA sobre violações do INF
    Tags:
    violações, Tratado INF, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar

    Mais charges

    • Aquele 'vizinho' que só quer o pior
      Last update: 13:15 18.09.2019
      13:15 18.09.2019

      Aquele 'vizinho' que só quer o pior

      Os EUA e aliados, dentre eles Brasil, concordaram com ativação do Tratado Interamericano de Assistência Recíproca (TIAR) devido à situação na Venezuela, anunciou o Departamento de Estado norte-americano.

    • Preparações especiais para negociar com Irã
      Last update: 13:03 16.09.2019
      13:03 16.09.2019

      Preparações especiais para negociar com Irã

      O presidente dos EUA, Donald Trump, afirmou não estar pronto para um encontro com o Irã sem condições preliminares.

    • Aterrissagem nem um pouco leve
      Last update: 11:11 13.09.2019
      11:11 13.09.2019

      Aterrissagem nem um pouco leve

      O risco mais sério para a economia global em curto prazo, comparado com a crise de 2008, é a saída do Reino Unido da União Europeia sem um tratado ratificado sobre as condições deste processo.

    • Use já o que ainda serve
      Last update: 12:35 09.09.2019
      12:35 09.09.2019

      Use já o que ainda serve

      Segundo o portal Defence News, que citou a Administração Nacional de Segurança Nuclear dos EUA (NNSA, sigla em inglês), o lançamento em produção das bombas norte-americanas B61-12 e ogivas termonucleares W88 ALT 370 será adiantado devido a falhas detectadas.