23:44 18 Junho 2019
Ouvir Rádio
    Charges

    EUA e seu 'cassetete' de sanções

    Charges
    URL curta
    322

    Os EUA tentam sair da Síria, mas suas tropas não a abandonam. Além disso, eles pretendem controlar a situação através de aliados na região e de sanções econômicas.

    Charge

    Mais cedo, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, alertou no Twitter que "devastará economicamente a Turquia se ela atacar os curdos".

    "Os EUA não estão saindo do Oriente Médio para nenhum lugar; o sinal para a Turquia também quer mostrar que Washington pretende controlar a situação no futuro e ameaçar com favorito 'cassetete' de sanções econômicas todos que decidiram que os americanos realmente estão saindo [da Síria]", destacou o senador russo Konstantin Kosachev, chefe do Comitê Superior de Relações Internacionais da Câmara da Rússia.

    Em dezembro, Trump declarou a vitória sobre o Daesh e disse que retiraria cerca de 2.000 soldados dos EUA que estão atualmente na Síria. No entanto, ele prometeu que a luta da coalizão internacional liderada pelos EUA contra o terrorismo na região continuaria.

    Mais:

    Trump está preparado para novas ações militares na Síria, diz secretário de Estado
    Exército sírio libertará 'cada centímetro da Síria' mesmo se EUA não saírem, diz fonte
    Turquia se prepara invadir Síria
    Netanyahu reconhece que Israel bombardeou alvos na Síria
    Tags:
    sanções econômicas, retirada, tropas, ameaça, Donald Trump, Turquia, Oriente Médio, Síria, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar

    Mais charges

    • Terrorismo com outra face
      Last update: 11:10 18.06.2019
      11:10 18.06.2019

      Terrorismo com outra face

      A China, a Síria e todas as comunidades internacionais devem fazer frente ao "terrorismo econômico" dos EUA, afirmou nesta terça-feira (18) o chanceler sírio, Walid Muallem.

    • Quando o culpado é quem EUA quiserem
      Last update: 10:42 14.06.2019
      10:42 14.06.2019

      Quando o culpado é quem EUA quiserem

      Os EUA atribuem ao Irã ataques aos petroleiros no golfo de Omã recém-realizados, e o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, acusa o Irã pelo agravamento da situação da região.

    • Quando armadinhas dos EUA não funcionam
      Last update: 10:01 13.06.2019
      10:01 13.06.2019

      Quando armadilhas dos EUA não funcionam

      Tóquio quer continuar comprando o petróleo iraniano, afirmou o presidente do Irã, Hassan Rouhani, após as negociações com o premiê japonês, Shinzo Abe, em meio às intenções dos EUA de zerar as exportações do petróleo iraniano.

    • Barrando arma russa do jeito americano
      Last update: 12:10 11.06.2019
      12:10 11.06.2019

      Barrando arma russa do jeito americano

      Pilotos turcos, que estavam treinando para operar caças F-35 na Base Aérea de Luke (EUA), foram afastados dos treinamentos, comunicou a Reuters, citando um representante do Pentágono.