20:36 20 Fevereiro 2019
Ouvir Rádio
    Charges

    Na OTAN, a culpa é sempre dos outros?

    Charges
    URL curta
    1110

    O secretário-geral da OTAN, Jens Stoltenberg, desresponsabilizou Aliança pela operação na Líbia, justificando que esta foi iniciada por países europeus que perceberam posteriormente precisar da ajuda da organização.

    Na OTAN, a culpa é sempre dos outros?

    "Com certeza, às vezes os aliados europeus devem ser capazes de fazer algo sem os EUA. Nós não dissemos que todas as operações da OTAN devem ser feitas com os EUA, mas eles simplesmente são grandes e frequentemente há necessidade deles. Lembro-me bem, por exemplo, da operação na Líbia porque era o então primeiro-ministro da Noruega — e a Noruega se juntou", disse Stoltenberg.

    Stoltenberg acredita que a operação na Líbia foi começada inicialmente "em maior grau pela França e pelo Reino Unido".

    Mais:

    OTAN joga culpa pela operação na Líbia nos europeus, mas a realidade é outra, diz analista
    O que realmente pretendia OTAN com manobras na Noruega?
    Tags:
    responsabilidade, OTAN, Jens Stoltenberg, Líbia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik

    Mais charges

    • Quando violações dos EUA chegam a pesar
      Last update: 11:59 20.02.2019
      11:59 20.02.2019

      Quando violações dos EUA chegam a pesar

      A Rússia apresentou provas de violações norte-americanas do Tratado INF, afirmou o representante oficial do Ministério da Defesa russo, major-general Igor Konashenkov.

    • Quando vontade dos EUA não se encaixa com a de quem importa
      Last update: 10:58 19.02.2019
      10:58 19.02.2019

      Quando vontade dos EUA não se encaixa com a de quem importa

      A OTAN, diferentemente dos EUA, não tem objeções à venda dos sistemas russos de defesa antiaérea S-400 para Ancara, afirmou o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan.

    • Mantendo aliados com medo
      Last update: 13:01 18.02.2019
      13:01 18.02.2019

      Mantendo aliados com medo

      Países europeus devem "pegar de volta" mais de 800 terroristas do Daesh (organização proibida no território da Rússia e em vários outros países), capturados por militares norte-americanos, e levá-los a julgamento, afirmou o presidente dos EUA, Donald Trump.

    • Bloco de notas e caneta são o novo bicho-papão
      Last update: 12:34 15.02.2019
      12:34 15.02.2019

      Bloco de notas e caneta são o novo bicho-papão

      O assessor de Segurança Nacional da Casa Branca, John Bolton, escreveu no Twitter que "os que conspiram com Maduro para destruir instituições democráticas da Venezuela, vão continuar lidando com consequências".