02:46 19 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Charges

    Pontes queimadas não podem aquecer

    Charges
    URL curta
    242

    O presidente dos EUA, Donald Trump, anunciou que Washington se retirará do Tratado de Forças Nucleares de Faixa Intermediária (INF), acusando a Rússia de estar violando o acordo.

    Pontes queimadas não podem aquecer

    De acordo com ele, Washington irá desenvolver armamentos. 

    Segundo Konstantin Kosachev, chefe da Comissão de Relações Exteriores do Senado russo, a decisão de Trump é incentivada pelo desejo de aproximar a classe respectiva do armamento norte-americano às fronteiras da Rússia e da China.

    "A destruição do Tratado INF visa mover a classe relevante de armas dos EUA para o território do inimigo potencial e, talvez, real. Isso é, em primeiro lugar, a Rússia e, em segundo lugar, a China", disse Kosachev.

    Mais:

    'Era de esperar': o que está por trás dos planos de Trump de sair do Tratado INF
    'Caos total na área de armas nucleares': senador russo prevê consequências do fim do INF
    Rússia responderia à saída americana do INF inclusive por via militar, diz vice-ministro
    Tags:
    Tratado INF, Donald Trump, Rússia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik

    Mais charges

    • EUA sabem valor da democracia
      Last update: 14:33 15.11.2018
      14:33 15.11.2018

      EUA sabem valor da democracia

      Nas guerras com a participação dos EUA morreram 480.000 pessoas, entre elas, 244.000 eram civis, de acordo com Neta Crawford, autora de estudo realizado pela Universidade Brown.

    • Quando guerra fria americana não passa de um frescor
      Last update: 14:22 14.11.2018
      14:22 14.11.2018

      Quando guerra fria americana não passa de um frescor

      Se a China não mudar comportamento, uma guerra fria total é algo que espera o país, afirmou o vice-presidente dos EUA, Mike Pence.

    • Na OTAN, a culpa é sempre dos outros?
      Last update: 11:10 13.11.2018
      11:10 13.11.2018

      Na OTAN, a culpa é sempre dos outros?

      O secretário-geral da OTAN, Jens Stoltenberg, desresponsabilizou Aliança pela operação na Líbia, justificando que esta foi iniciada por países europeus que perceberam posteriormente precisar da ajuda da organização.

    • EUA sancionam... e não podem parar
      Last update: 12:34 08.11.2018
      12:34 08.11.2018

      EUA sancionam... e não podem parar

      Ao longo dos últimos anos, Washington introduziu 62 rodadas de sanções contra Moscou, afirmou nesta quinta-feira (8) a representante oficial do Ministério das Relações Exteriores russo, Maria Zakharova.