04:57 16 Fevereiro 2019
Ouvir Rádio
    Charges

    Não chore, soldadinho, talvez consiga uma arma parecida

    Charges
    URL curta
    0 74

    De acordo com a revista The National Interest, o Comando de Operações Especiais do Exército dos EUA pretende lançar no território norte-americano a produção de armas russas.

    Não chore, soldadinho, talvez consiga uma arma parecida

    Segundo a publicação, o Comando de Operações Especiais dos EUA já ofereceu financiamento para empresas que possam "descobrir e melhorar a tecnologia da metralhadora Kalashnikov, da metralhadora modernizada de grande calibre NSV Utes e fazer suas cópias".

    Os militares exigem que as potenciais fabricantes consigam obter a documentação, peças e materiais necessários sem nenhuma assistência do Comando de Operações Especiais dos EUA.

    Por sua vez, a corporação estatal russa Rostec chamou a ideia de produzir metralhadoras russas nos EUA sem permissão da estatal Rosoboronexport de "cópia ilegal de tecnologias russas" e de "roubo".

    Mais:

    Novo projeto de lei dos EUA pode ajudar a Índia a comprar armas russas sem ser sancionada
    Que países não serão 'punidos' pelos EUA por comprar armas russas e por quê?
    Especialista: ataques dos EUA contra Síria fizeram disparar popularidade das armas russas
    Tags:
    armas, metralhadora Kalashnikov, The National Interest, Rússia, EUA

    Mais charges

    • Bloco de notas e caneta são o novo bicho-papão
      Last update: 12:34 15.02.2019
      12:34 15.02.2019

      Bloco de notas e caneta são o novo bicho-papão

      O assessor de Segurança Nacional da Casa Branca, John Bolton, escreveu no Twitter que "os que conspiram com Maduro para destruir instituições democráticas da Venezuela, vão continuar lidando com consequências".

    • Golpe vs. legitimidade
      Last update: 11:48 14.02.2019
      11:48 14.02.2019

      Golpe vs. legitimidade

      Os EUA instigam abertamente as Forças Armadas da Venezuela à rebelião, afirmou nesta quinta-feira (14), a representante oficial do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova.

    • Quão profundo ainda dá para cavar?
      Last update: 14:14 13.02.2019
      14:14 13.02.2019

      Quão profundo ainda dá para cavar?

      A dívida estatal dos EUA superou pela primeira vez na história US$ 22 trilhões, de acordo com o Departamento do Tesouro dos Estados Unidos.

    • Quando provas são nulas e vontade de acusar é infinita
      Last update: 10:19 12.02.2019
      10:19 12.02.2019

      Quando provas são nulas e vontade de acusar é infinita

      Os Estados Unidos não forneceram nenhuma prova da violação russa do Tratado INF, de acordo com o Ministério das Relações Exteriores da Rússia.