13:08 25 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Charges

    Quando protecionismo econômico não protege muito

    Charges
    URL curta
    0 60
    Nos siga no

    A guerra comercial com a China pode afetar drasticamente o desenvolvimento da cidade norte-americana de Los Angeles. Eis o que acredita o prefeito Eric Garcetti da cidade, que teme uma perda maciça de empregos e retardação brusca do crescimento econômico de 0% a 1%.

    Quando protecionismo econômico não protege muito

    Ele apontou que sem este conflito a meta poderia atingir entre 5% e 6%. "Sem dúvida, evidenciaremos perda de empregos, redução das horas de trabalho e diminuição de salários. São efeitos reais em pessoas reais", declarou Garcetti em entrevista ao jornal South China Morning Post.

    De acordo com ele, os receios principais estão ligados às expectativas da redução do tráfego de mercadorias de até 20% nos dois portos principais do estado — Los Angeles e Long Beach. A redução do volume de carga levará à necessidade de baixar o número de funcionários nos estabelecimentos. Conforme previsões, até 200 mil pessoas podem ficar desempregadas.

    Mais:

    Jeitinho à europeia de explicar
    Amor significa evitar guerras comerciais
    Quando valores norte-americanos já não são tão valorosos
    Tags:
    EUA, China, Los Angeles, guerra, comercial, porto, perdas
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar

    Mais charges

    • Cai fora, que esse acordo é meu
      Last update: 11:40 17.09.2021
      11:40 17.09.2021

      Cai fora, que esse acordo é meu!

      França decide cancelar comemoração histórica com EUA após Austrália trocar submarinos franceses por americanos.

    • Burocracia e míssil hipersônico
      Last update: 10:31 15.09.2021
      10:31 15.09.2021

      Míssil hipersônico que custa a sair

      Enquanto China e Rússia já possuem mísseis hipersônicos, o general norte-americano John Hyten culpou a burocracia por atrasar a produção de tal arma nos EUA.

    • EUA gastaram US$ 1 trilhão no Afeganistão
      Last update: 11:34 17.08.2021
      11:34 17.08.2021

      Afeganistão: uma caixa de surpresa de US$ 1 trilhão

      Enquanto americano, Joe Biden, disse que seu país gastou US$ 1 trilhão (R$ 5,25 trilhões) durante a campanha militar da OTAN no Afeganistão, a Rússia afirma que tudo isso foi dinheiro jogado fora.

    • Fantasma da guerra
      Last update: 13:00 06.08.2021
      13:00 06.08.2021

      'Exército fantasma' dos EUA contra China e Rússia

      General americano compara exército de robôs dos EUA para lutar contra a Rússia e China com um exército fantasma.