16:20 16 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Charges

    Apertar mão de Putin pode ser pesado demais para EUA

    Charges
    URL curta
    5150

    Na sexta-feira passada (16), decorreu a tão esperada primeira cúpula formal entre Vladimir Putin e Donald Trump. Apesar de os dois líderes avaliarem positivamente o encontro, Trump recebeu várias críticas do establishment americano por negociar com o presidente russo.

    Apertar mão de Putin pode ser pesado demais para EUA

    O senador americano, John McCain, afirmou que a coletiva conjunta de Trump e Putin em Helsinque "foi uma das apresentações mais desastrosas de um presidente americano na história", qualificando a cúpula como "um erro trágico".

    O ex-embaixador dos EUA na Rússia, Michael McFaul, por sua vez, escreveu no Twitter logo após a cúpula que o líder russo saiu vencedor do encontro e chamou Trump de "traidor".

    "As expetativas para [o desempenho de] Trump hoje em Helsinque foram tão baixas. Tudo que ele deveria ter feito era oferecer pelo menos um pouco de resistência. Ele decidiu não fazer isso. Profundamente decepcionante", escreveu.

    Até mesmo o ator e ex-governador da Califórnia, Arnold Schwarzenegger, atacou o atual presidente americano nas redes, criticando desempenho de Trump na cúpula.

    "Presidente Trump, acabei de ver sua coletiva de imprensa com o presidente Putin e foi uma vergonha. Quero dizer, você estava lá como se fosse um macarrão molhado, um fanzinho", disse Arnold Schwarzenegger em um vídeo, acrescentando que Trump parecia querer pedir a Putin um autógrafo ou uma selfie.

    Mais:

    Após críticas sobre reunião com Putin, Trump vai se encontrar com congressistas americanos
    McCain: encontro de Trump com Putin foi 'um erro trágico'
    Ex-diretor da CIA acusa Trump de 'traição' pela reunião com Putin
    Tags:
    cúpula, críticas, encontro, Donald Trump, Arnold Schwarzenegger, John McCain, Vladimir Putin, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik

    Mais charges