18:22 16 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Charges

    Quando futebol é mais importante do que se encontrar com Trump

    Charges
    URL curta
    180

    O presidente norte-americano, Donald Trump, chegou ontem (10) à capital belga para participar da cúpula da OTAN. Porém, as autoridades da Bélgica não o recepcionaram quando ele desembarcou no país, pois o primeiro-ministro, o rei e o chanceler do país estavam assistindo ao jogo entre as Seleções Belga e Francesa.

    Quando futebol é mais importante do que se encontrar com Trump

    Segundo a mídia local, o primeiro-ministro do país, Charles Michel, foi torcer pela seleção no município Braine-le-Comte, onde nasceu o jogador belga que joga no clube Chelsea, Eden Hazard.

    O rei Filipe da Bélgica e o chefe da diplomacia do país, Didier Reynders, estavam na Rússia, em São Petersburgo.

    Mais:

    Trump: países da OTAN devem compensar EUA por seus gastos em defesa
    Secretário de Estado dos EUA e genro de Trump visitarão presidente eleito do México
    Presidente da Ucrânia espera que Trump volte Putin 'ao caminho certo'
    Tags:
    cúpula, visita, seleção, jogo, OTAN, França, Bélgica, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik

    Mais charges

    • EUA sabem valor da democracia
      Last update: 14:33 15.11.2018
      14:33 15.11.2018

      EUA sabem valor da democracia

      Nas guerras com a participação dos EUA morreram 480.000 pessoas, entre elas, 244.000 eram civis, de acordo com Neta Crawford, autora de estudo realizado pela Universidade Brown.

    • Quando guerra fria americana não passa de um frescor
      Last update: 14:22 14.11.2018
      14:22 14.11.2018

      Quando guerra fria americana não passa de um frescor

      Se a China não mudar comportamento, uma guerra fria total é algo que espera o país, afirmou o vice-presidente dos EUA, Mike Pence.

    • Na OTAN, a culpa é sempre dos outros?
      Last update: 11:10 13.11.2018
      11:10 13.11.2018

      Na OTAN, a culpa é sempre dos outros?

      O secretário-geral da OTAN, Jens Stoltenberg, desresponsabilizou Aliança pela operação na Líbia, justificando que esta foi iniciada por países europeus que perceberam posteriormente precisar da ajuda da organização.

    • EUA sancionam... e não podem parar
      Last update: 12:34 08.11.2018
      12:34 08.11.2018

      EUA sancionam... e não podem parar

      Ao longo dos últimos anos, Washington introduziu 62 rodadas de sanções contra Moscou, afirmou nesta quinta-feira (8) a representante oficial do Ministério das Relações Exteriores russo, Maria Zakharova.