20:53 19 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Charges

    'O que não mata, engorda'

    Charges
    URL curta
    090
    Nos siga no

    De acordo com o artigo no jornal Politico, os planos do presidente dos EUA, Donald Trump, de aumentar o potencial militar do país, podem ser frustrados. A razão disso é o número cada vez menor de cidadãos norte-americanos aptos para o serviço militar.

    'O que não mata, engorda'

    Conforme as estatísticas, quase três quartos dos cidadãos dos EUA de 17 a 24 anos não podem servir ao exército por motivos variados como obesidade, falta de formação escolar, antecedentes criminais e, consecutivamente, problemas com disciplina.

    Segundo disse o tenente-general aposentado estadunidense, Tom Spoehr, durante os últimos 10 ou 15 anos a porcentagem de norte-americanos que sofrem de obesidade "disparou".

    Mais:

    Filha de Trump e alto general norte-coreano podem ficar frente a frente em PyeongChang
    Obesidade dos militares pode frustrar planos de Trump
    Tags:
    EUA, Donald Trump, Exército dos EUA, obesidade
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar

    Mais charges

    • Game over
      Last update: 12:02 15.10.2021
      12:02 15.10.2021

      Uma retirada que dói ver

      Ex-secretário de Defesa dos EUA, Robert Gates, disse que se sentiu mal quando observou a retirada dos militares americanos do Afeganistão.

    • Sanduíche
      Last update: 12:13 11.10.2021
      12:13 11.10.2021

      Espionagem ensanduichada

      Um casal norte-americano foi preso por tentar repassar informações sobre a propulsão nuclear de submarinos de seu país através de um pen drive escondido em um sanduíche.

    • Preço do gás
      Last update: 11:45 01.10.2021
      11:45 01.10.2021

      Preço do gás lá na exosfera

      Enquanto o inverno se aproxima na Europa e teme-se uma crise energética, o preço do gás bate novos recordes.

    • Cai fora, que esse acordo é meu
      Last update: 11:40 17.09.2021
      11:40 17.09.2021

      Cai fora, que esse acordo é meu!

      França decide cancelar comemoração histórica com EUA após Austrália trocar submarinos franceses por americanos.