12:44 18 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Charges

    'O que não mata, engorda'

    Charges
    URL curta
    290

    De acordo com o artigo no jornal Politico, os planos do presidente dos EUA, Donald Trump, de aumentar o potencial militar do país, podem ser frustrados. A razão disso é o número cada vez menor de cidadãos norte-americanos aptos para o serviço militar.

    'O que não mata, engorda'

    Conforme as estatísticas, quase três quartos dos cidadãos dos EUA de 17 a 24 anos não podem servir ao exército por motivos variados como obesidade, falta de formação escolar, antecedentes criminais e, consecutivamente, problemas com disciplina.

    Segundo disse o tenente-general aposentado estadunidense, Tom Spoehr, durante os últimos 10 ou 15 anos a porcentagem de norte-americanos que sofrem de obesidade "disparou".

    Mais:

    Filha de Trump e alto general norte-coreano podem ficar frente a frente em PyeongChang
    Obesidade dos militares pode frustrar planos de Trump
    Tags:
    obesidade, Exército dos EUA, Donald Trump, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik

    Mais charges

    • Quando um 'não' pode custar bilhões
      Last update: 12:33 18.12.2018
      12:33 18.12.2018

      Quando um 'não' pode custar bilhões

      A empreiteira General Dynamics pressiona Canadá para que não cancele unilateralmente o contrato de mais de US$ 13 bilhões (R$ 50,6 bilhões) referente à venda de veículos blindados para a Arábia Saudita.

    • Pedir ajuda à Rússia? Nunca! Melhor se ferrar mesmo
      Last update: 13:56 17.12.2018
      13:56 17.12.2018

      Pedir ajuda à Rússia? Nunca! Melhor se ferrar mesmo

      A Guarda Costeira dos EUA desistiu de efetuar exercícios no Ártico devido ao medo de pedir ajuda aos russos, em caso de falha com seu único quebra-gelo pesado, segundo o portal Business Insider.

    • Quando não se sabe diferenciar pintura de cobertura
      Last update: 12:09 17.12.2018
      12:09 17.12.2018

      Quando não se sabe diferenciar pintura de cobertura

      Uma correspondente da BBC admitiu que a emissora estava em busca de quaisquer provas de um alegado envolvimento da Rússia nos protestos dos "coletes amarelos" na França.

    • Quando popularidade cai antes do cumprimento de promessas
      Last update: 12:30 14.12.2018
      12:30 14.12.2018

      Quando popularidade cai antes do cumprimento de promessas

      A popularidade do presidente francês, Emmanuel Macron, bateu recorde negativo ao cair para 20% frente aos protestos dos "coletes amarelos", de acordo com sondagem da empresa Ipsos, solicitada pela edição Point.