13:28 17 Fevereiro 2020
Ouvir Rádio
    Charges

    Dinheiro do avarento 2 vezes vai à feira

    Charges
    URL curta
    131
    Nos siga no

    Dado que a Polônia quer comprar 5 novos submarinos para sua Marinha, o governo do país alocou para este fim cerca de US$ 2,74 bilhões (quase R$ 9 bilhões). Comunica-se que o ministro da Defesa polonês, Antoni Macierevicz, já negociou isso com seu homólogo francês.

    Dinheiro do avarento 2 vezes vai à feira

    Assinala-se que tal compra poderia diminuir a tensão nas relações franco-polonesas, que se agudizaram após a ruptura do contrato sobre a entrega de helicópteros H225M Caracal. Entretanto, a soma alocada parece pequena demais para um contrato de peso; ou seja, neste caso, os navios seriam "econômicos" demais.

    Mais:

    Polônia perde sua frota de submarinos?
    Para Polônia, criação de ciberexército é apenas um meio de justificar gastos?
    Tags:
    entrega, compra, Marinha, submarino, França, Polônia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar

    Mais charges

    • Pagando dívidas à argentina
      Last update: 10:34 13.02.2020
      10:34 13.02.2020

      Pagando dívidas à argentina

      Vice-presidente argentina Cristina Kirchner declarou que a Argentina não pagaria ao Fundo Monetário Internacional "nem meio centavo" da dívida nacional até sair da recessão.

    • Dando aulas de defesa antiaérea
      Last update: 10:34 07.02.2020
      10:34 07.02.2020

      Dando aulas de defesa antiaérea

      A Defesa russa acusou Israel de utilizar novamente aeronaves civis para se defender, após seus ataques, das ações de resposta dos sistemas de defesa antiaérea da Síria.

    • Guilhotina de impeachment não deu certo
      Last update: 10:47 06.02.2020
      10:47 06.02.2020

      Guilhotina de impeachment não deu certo

      Senado absolveu Donald Trump em julgamento de impeachment, o que faz com que ele permaneça no poder.

    • Quando a corrida não resulta em nada
      Last update: 12:38 31.01.2020
      12:38 31.01.2020

      Quando a corrida não resulta em nada

      Interpol se recusou a aceitar o pedido do governo boliviano de "alerta vermelho" contra o ex-presidente Evo Morales.